Rondônia, - 03:39
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - Lava Jato
Política
Parar a Lava Jato é ''congelar a calúnia'', afirma Jucá
Publicado Sexta-Feira, 21 de Abril de 2017, às 11:42 | Fonte R7 Notícias 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=326985&codDep=70" data-text="Parar a Lava Jato é ''congelar a calúnia'', afirma Jucá

  
 
 

 

Senador afirma que País vive tempo de "facilidade" e generalização de "acusação" - Pedro Ladeira/16.3.2017/Folhapress

 

 

Alvo de inquéritos por corrupção e lavagem de dinheiro na operação Lava Jato, o senador Romero Jucá (RR), voltou a defender hoje a continuidade e a rapidez das investigações afirmando que "parar a Lava Jato nesta sexta-feira (21) é parar a calúnia como está".

 

— Defendemos a Lava Jato e queremos rapidez na Lava Jato porque hoje todos estão sendo caluniados. Ou não. O que vai definir se é calúnia ou se é verdade é a investigação. Então, parar a Lava Jato hoje é congelar a calúnia no estado em que ela está. Quem tem seriedade com o Brasil e quer passar a limpo este País quer a investigação.

 

Jucá afirmou que o país vive hoje um tempo de "facilidade" e "generalização" de acusação.

 

— Vivemos hoje um momento de crise política, que, sinceramente — e eu estudo história política, fui governador e tenho três mandatos como senador — e não vi uma crise como a que o país está vivendo. 

 

Ao defender a necessidade de aprovação das reformas trabalhista e previdenciária, o senador peemedebista, líder do governo no Senado, disse que as investigações da Lava Jato "são questões tratadas no Judiciário" que "não vão paralisar o Congresso".

 

— As investigações são questões tratadas no Judiciário. Essas investigações e qualquer tentativa de qualquer setor não vão paralisar o Congresso Nacional, não vão paralisar o Senado da República e não vão paralisar o governo. 

 

Segundo ele, reformas devem ser aprovadas até julho. 

 

Ao falar para a elite empresarial do país, Jucá definiu o governo como "uma janela de oportunidades", que, segundo ele, busca recuperar três pilares básicos perdidos nos governos petistas: credibilidade, segurança jurídica e previsibilidade.

 

O senador conclamou os empresários a apoiarem e cobrarem o governo.

 

— Quero conclamar os setores brasileiros, e o empresariado é fundamental nisso, para que participem desse esforço. Não julguem, cobrem.

 





Notícia visualizada Contador de visitasvezes




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em Lava Jato


Segunda Turma do STF libera Bumlai de prisão domiciliar
...


Delatora diz que discutiu caixa dois pessoalmente com Dilma
...


GLEISI DEFENDE DELAÇÃO DE PALOCCI
...


Bruno Araújo se diz inocente e 'constrangido' por estar na lista de Fachin
...

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE

Parceiros :::