Rondônia, - 15:09
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco

 

Você está no caderno - Agronegocios / Pecuária
mudanças no zoneamento
Ariquemes: Produtores rurais preocupados com mudanças no zoneamento
Publicado Domingo, 9 de Abril de 2017, às 19:08 | Fonte da Redação 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=325968&codDep=50" data-text="Ariquemes: Produtores rurais preocupados com mudanças no zoneamento
  
 
 

Em uma conversa rápida com o governador Confúcio Moura (PMDB), um grupo de produtores rurais, liderados pela Associação dos Pecuaristas de Ariquemes (APA) e pela Associação de Proprietário de Imóveis da RO-257 (Apro), mostraram preocupação com os ajustes que estão sendo feito no Zoneamento Socioeconômico Ecológico de Rondônia (ZSEE-RO).
 
 
 
De acordo com o presidente da APA, Dorival Gaspar, o novo ZSEE-RO pode inviabilizar o setor produtivo. Pela nova proposta a área de reserva ambiental em algumas áreas agricultáveis, em municípios do Vale do Jamari, passaria de 50% para 80%. “Dessa forma é impraticável a pecuária de corte e a agricultura”, disse o presidente da APA. “Não podemos inviabilizar o setor produtivo alterando as regras já existentes do zoneamento. Neste caso até a piscicultura vai ser afetada”, lembrou Edson Sápiras, presidente da APRO.
 
 
 
O novo ZSEE-RO está em fase de discussão em audiências públicas e se for aprovado com as novas regras pode impor sanções graves aos produtores rurais que estiverem fora deste enquadramento.
 
 
 
O governador Confúcio Moura se sensibilizou com o pedido dos produtores rurais e disse que vai promover um encontro entre a classe produtiva e a empresa responsável pela realização das oficinas do ZSEE-RO, para buscar uma solução de equidade para o setor produtivo e o meio ambiente. “É preciso fazer estes ajustes antes que o zoneamento vire uma lei. Este projeto, depois de discutido, vai ser encaminhado para a Assembleia Legislativa. Depois que virar lei não tem como reverter”, explicou.
 
 
 
A APA e a APRO vão promover reuniões com os seus associados e buscar o diálogo com os coordenadores do ZSEE-RO na tentativa de realizar os ajustes necessários para não causar prejuízos à classe produtora. O pedido dessas associações é para que seja respeitado o direito adquirido dos produtores que fizeram a abertura de suas propriedades até 2008, conforme estabelecia o próprio INCRA ao conceder o título de terras aos produtores rurais nas décadas de 70 e 80.








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em Agronegocios / Pecuária


Cafés do Brasil geraram US$ 1,78 bilhões de receita cambial no primeiro quadrimestre de 2017
...


Fomento a economia: Banco da Amazônia promete descontos de até 85% em renegociação
Dívidas dos produtores rurais serão repactuadas com recursos do Fundo de Financiamento do Norte (FNO)...


Oportunidade: IBGE abriu inscrições para 24.984 vagas do Censo Agropecuário
Os interessados têm até o dia 23 de maio para fazer a opção pelos cargos...


Ariquemes: ACIA e SUDER avaliam resultados da EXPOVALE
...

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
728x90 350x90
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE