Rondônia, - 14:57

 

Você está no caderno - Tecnologia e Vida Digital
Tecnologia
Estado dos EUA considera permitir que polícia use 'drones assassinos'
Publicado Segunda-Feira, 3 de Abril de 2017, às 11:52 | Fonte Olhar Digital 0

 
 

 

(Foto: reprodução)

 

 

Um drone equipado com armas letais é, compreensivelmente, uma ideia assustadora. Mas será que a polícia deveria poder usar um equipamento desse tipo? Esse é o debate que está acontecendo no estado de Connecticut, nos EUA, de acordo com a CBS News: os deputados estaduais de lá estão discutindo uma lei que regulamenta o uso dessas aeronaves.

 

A lei restringiria o uso de drones armados, mas deixaria a polícia de fora. Os agentes da Lei poderiam usar drones equipados com armas letais em situações de "emergência", ou ainda se tivessem um mandato para tal. Ainda de acordo com o texto, a polícia precisaria reportar anualmente quantas vezes (e em quais casos) os drones foram usados, desenvolver leis e regras específicas para sua operação, e oferecer treinamento aos oficiais encarregados do trabalho.

 

 

De acordo com o parlamentar estadual John Kissel, do partido republicano, esse uso seria "para circunstâncias muito limitadas". Kissel, que participou do comitê especial que aprovou a lei e enviou-a ao plenário, imagina que ela possa ser útil em casos de sequestro ou em tiroteios de escola. A poícia do estado começou neste ano a usar drones - mas apenas com câmeras.

 

Por enquanto, o uso de "drones assassinos" ainda não é regulamentado nos Estados Unidos. O estado da Dakota do Norte permite o uso, pela polícia, de drones equipados com armas não-letais. Os estados do Maine e Virginia proíbem a polícia de usar drones armados, e outros cinco estados proíbem totalmente o uso de drones armados.

 

Preocupação

 

Naturalmente, a medida causou preocupação à população do estado. O diretor da União Americana pelas Liberdades Civis no estado, David McGuire, considerou que a aprovação da lei colocaria muitas vidas em risco. "É muito preocupante e ultrajante que isso esteja sendo discutido no nosso estado. (...) Nós não estamos em guerra", comentou.

 

Ele considera que não se trata apenas da aprovação do uso de um tipo de arma: o fato de serem drones muda a relação da polícia com o uso da força. "Há um nível de separação [proporcionado pelo drone] que transforma a situação quase em um jogo de videogame em que eles [os policiais] estão removidos da situação", opinou.

 

Representantes da NAACP, Associação Nacional Para o Progresso de Pessoas de Cor, também se opuseram à lei. "Nós temos imensa preocupação de que eles [os policiais] usariam essa tecnologia para abusar de nossas comunidades", disse o presidente estadual da NAACP, Scot X. Esdaile.

 

Outro parlamentar, o democrata Edwin Gomes, também se posicionou contrariamente à proposta. "A polícia é ensinada a fazer uma coisa", comentou. "Você coloca uma arma na mão deles, eles atiram no centro de massa, eles atiram para matar. Se isso for ser usado, vai ser usado para matar alguém."

 







Veja também em Tecnologia e Vida Digital


WhatsApp foi o app mais baixado no Brasil e no mundo em 2019
Já no ranking de receitas obtidas em apps pagos, o grupo mostra a força dos aplicativos de entretenimento e dos serviços de relacionamento ...


Usuários de realidade virtual estão sujeitos a dores e lesões musculares
Movimentos comuns no ambiente RV podem facilitar o surgimento de dores e lesões musculares no pescoço e nos ombros dos usuários, mostra estudo americano. Resultado poderá ser considerado no desenvolvimento de novos jogos e programas ...


Chip que simula crescimento do câncer ajuda em pesquisas sobre a doença
O dispositivo, apresentado na revista Biomaterials, é do tamanho de uma moeda, com um furo de 1mm no centro ...


Pokémon GO recebe criaturas que evoluem ao serem trocadas
A Niantic anunciou uma novidade que promete aproximar Pokémon GO do título dos monstrinhos para os videogames da Nintendo: a......

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News