Rondônia, - 22:09

 

Você está no caderno - Tecnologia e Vida Digital
Tecnologia
Memórias DDR5 chegam em 2018 e terão o dobro de velocidade do DDR4
Publicado Segunda-Feira, 3 de Abril de 2017, às 10:11 | Fonte Tecnoblog 0

 
 

 

 

 

Você já fez upgrade da RAM do seu computador para DDR4? Pois saiba que as especificações da próxima geração de memórias, chamada de DDR5, estão em desenvolvimento acelerado — e os primeiros módulos, que chegam em 2018, serão capazes de atingir o dobro de velocidade da tecnologia atual.

 

O JEDEC, órgão responsável pela padronização da indústria de microeletrônicos, ainda não divulgou os números do novo padrão, mas informou que “o DDR5 vai fornecer o dobro da largura de banda e densidade do DDR4”, o que “permitirá alto desempenho e melhor gerenciamento de energia em uma grande variedade de aplicações”.

 

O avanço deve ser parecido com o que vimos do DDR3 para o DDR4, lançado em 2014. Naquela época, a tensão padrão dos módulos passou de 1,5 para 1,2 volts (o que gerou uma economia de energia de até 40%), e as taxas de transferência da nova tecnologia eram de 2.133 a 4.266 megatransfers por segundo (contra 800 a 2.133 MT/s do DDR3).

 

Sempre vale lembrar que DDRx não tem nada a ver com GDDRx: a memória GDDR5, que está presente nas placas de vídeo, no PlayStation 4 e e em outras aplicações gráficas, existe há quase uma década e é baseada no DDR3.

 

O DDR5 será demonstrado em junho, e a especificação definitiva será publicada em meados de 2018. O que ninguém sabe é quando as novas memórias estarão disponíveis para consumidores finais por um preço aceitável.

 







Veja também em Tecnologia e Vida Digital


Startup brasileira cria carro que faz 100km com menos de R$ 10
O buggy elétrico ainda não foi lançado, mas promete chegar logo ao mercado, com versões a partir de R$ 119 mil ...


WhatsApp foi o app mais baixado no Brasil e no mundo em 2019
Já no ranking de receitas obtidas em apps pagos, o grupo mostra a força dos aplicativos de entretenimento e dos serviços de relacionamento ...


Usuários de realidade virtual estão sujeitos a dores e lesões musculares
Movimentos comuns no ambiente RV podem facilitar o surgimento de dores e lesões musculares no pescoço e nos ombros dos usuários, mostra estudo americano. Resultado poderá ser considerado no desenvolvimento de novos jogos e programas ...


Chip que simula crescimento do câncer ajuda em pesquisas sobre a doença
O dispositivo, apresentado na revista Biomaterials, é do tamanho de uma moeda, com um furo de 1mm no centro ...

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News