Rondônia, - 01:04

 

Você está no caderno - Tecnologia e Vida Digital
Tecnologia
Memórias DDR5 chegam em 2018 e terão o dobro de velocidade do DDR4
Publicado Segunda-Feira, 3 de Abril de 2017, às 10:11 | Fonte Tecnoblog 0

 
 

 

 

 

Você já fez upgrade da RAM do seu computador para DDR4? Pois saiba que as especificações da próxima geração de memórias, chamada de DDR5, estão em desenvolvimento acelerado — e os primeiros módulos, que chegam em 2018, serão capazes de atingir o dobro de velocidade da tecnologia atual.

 

O JEDEC, órgão responsável pela padronização da indústria de microeletrônicos, ainda não divulgou os números do novo padrão, mas informou que “o DDR5 vai fornecer o dobro da largura de banda e densidade do DDR4”, o que “permitirá alto desempenho e melhor gerenciamento de energia em uma grande variedade de aplicações”.

 

O avanço deve ser parecido com o que vimos do DDR3 para o DDR4, lançado em 2014. Naquela época, a tensão padrão dos módulos passou de 1,5 para 1,2 volts (o que gerou uma economia de energia de até 40%), e as taxas de transferência da nova tecnologia eram de 2.133 a 4.266 megatransfers por segundo (contra 800 a 2.133 MT/s do DDR3).

 

Sempre vale lembrar que DDRx não tem nada a ver com GDDRx: a memória GDDR5, que está presente nas placas de vídeo, no PlayStation 4 e e em outras aplicações gráficas, existe há quase uma década e é baseada no DDR3.

 

O DDR5 será demonstrado em junho, e a especificação definitiva será publicada em meados de 2018. O que ninguém sabe é quando as novas memórias estarão disponíveis para consumidores finais por um preço aceitável.

 







Veja também em Tecnologia e Vida Digital


São Paulo pode chegar a 265 mil casos de Covid-19 no fim de junho
Governo paulista defende, no entanto, que a estimativa já está prevista no plano de reabertura econômica do estado...


Android 11 Beta tem mais formatos de ícones e novo controle de música e vídeo
Embora o Android 11 Beta Show que estava programado para esta quarta-feira (3) tenha sido adiado...


Mesmo sabendo de vazamento, só um terço dos usuários muda senha exposta
A maioria das pessoas não costuma trocar as suas senhas mesmo depois de serem avisadas de um vazamento de dados...


Os problemas daquele grande estudo sobre riscos da cloroquina para tratar COVID-19
Há cerca de duas semanas um grande estudo observacional sobre o uso da hidroxicloroquina para o tratamento de COVID-19 ...

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News