Rondônia, - 01:09
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - NACIONAL
nacional
Família de Maria Eduarda vai à Comissão de Direitos Humanos da Alerj
Publicado Segunda-Feira, 3 de Abril de 2017, às 09:30 | Fonte Bom dia Rio 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=325517&codDep=30" data-text="Família de Maria Eduarda vai à Comissão de Direitos Humanos da Alerj

  
 
 

 

Amiga de Maria Eduarda se desepera durante o enterro (Foto: Matheus Rodrigues/G1)

Amiga de Maria Eduarda se desepera durante o enterro (Foto: Matheus Rodrigues/G1)

 

 

A família da menina Maria Eduarda Alves Ferreira, assassinada na quadra da escola na Fazenda Botafogo, na Zona Norte do Rio, vai ser ouvida nesta segunda-feira (3) na Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa. Ainda essa semana, os pais ela vão se reunir com o governador Luiz Fernando Pezão.

 

Maria Eduarda foi enterrada no sábado (1º). Ela tinha 13 anos e queria ser jogadora de basquete. A família vai pedir rigor nas investigações desse caso. O advogado João Tancredo, do Movimento Rio de Paz, que está apoiando a família explicou a finalidade desse encontro.

 

“A finalidade principal é que se auxilie testemunhas, que se auxilie a família na produção de investigação para que se chegue concretamente aos autores do crime”, disse o advogado, frisando que nesse caso as testemunhas são crianças que estavam dentro da escola e que necessitam de proteção.

 

O advogado disse ainda que vai entrar, nesta segunda-feira, com uma medida judicial para buscar atendimento imediato psicológico para a família, E também a cobrança de indenização;

 

“Não tenho a menor dúvida que o estado é obrigado a indenizar em decorrência desse fato. Há envolvimento de agentes públicos. Se não foram eles os autores do disparo, não importa. Tendo envolvimento de agente público o estado é responsável”, disse Tancredo.

 

A reunião com o governador, de acordo com o advogado, deve acontecer na quinta ou sexta-feira. A família também foi procurada pelo procurador-geral do Ministério Público Estadual, que pediu para marcar um encontro.

 





Notícia visualizada Contador de visitasvezes




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em NACIONAL


Pacote anticrise começa a ser votado na próxima terça-feira
...


Com comissões funcionando, Câmara debate reformas trabalhista e da Previdência
...


Incêndio atinge carros alegóricos em terreno ao lado do Anhembi
...


Ato em favor da legalização da maconha lota o vão-livre do Masp
...

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE

Parceiros :::