Rondônia, - 07:22

 

Você está no caderno - Rondônia
CALENDÁRIO FLORESTAL
Começa neste sábado período de restrições à extração de madeira em Rondônia
A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam) abrirá neste sábado (1) o Calendário Florestal de Rondônia de 2017. A portaria que rege o calendário é a mesma desde setembro de 2015, que estabelece o período de restrição das atividades de extração, retirada e transporte de madeira até 31 de dezembro.
Publicado Sexta-Feira, 31 de Março de 2017, às 16:09 | Fonte Secom - Governo de RO 0

 
 

Restrição de transporte de madeira vale até final de dezembro

 

A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam) abrirá neste sábado (1) o Calendário Florestal de Rondônia de 2017. A portaria que rege o calendário é a mesma desde setembro de 2015, que estabelece o período de restrição das atividades de extração, retirada e transporte de madeira até 31 de dezembro. O texto da portaria não se aplica à exploração de florestas plantadas.

 

O Código Florestal Brasileiro induz que os estados têm a opção de em determinado período do ano restringir a exploração e o transporte da madeira, e isso acontece para não prejudicar os acessos, as estradas vicinais e as rodovias estaduais e federais. Neste período do ano, os índices pluviométricos se elevam e a restrição da extração visa evitar riscos e diminuir o impacto ambiental causado às florestas.

 

“As datas foram discutidas e analisadas junto ao setor produtivo rondoniense, em especial a Federação das Indústrias de Rondônia (Fiero), visando evitar esses impactos no ato da extração. Desde 2015, essa portaria vem sendo respeitada”, disse Huerick Charles, titular da Coordenadoria de Desenvolvimento Florestal e Faunístico (Codef) da Sedam.

 

Há casos em que mesmo no período restrito, algumas empresas conseguem fazer o transporte da matéria-prima. De acordo com o artigo 1, parágrafo 4º da portaria, para que aconteça a liberação desse transporte, o requerente tem até o dia 15 de novembro de cada ano para solicitar a homologação de pátio junto à secretaria. Caso a vistoria constate que aquela atividade não irá afetar as estradas, o pedido é homologado.

 

Huerick explicou, ainda, que as análises referentes aos projetos de Plano de Manejo Florestal Sustentável (PMFS) não sofrem período de pausa e todo o procedimento de vistoria e análise processual pode ser protocolado em qualquer época do ano.

 

 

Fonte

Texto: Ananda Carvalho

Fotos: Daiane Mendonça

Secom - Governo de Rondônia

 







Veja também em Rondônia


Campanha conscientiza sobre violência contra a mulher em Vilhena: CAM atende mais de 100 casos por mês
Prefeitura revela que Abrigo da Mulher deve abrir em dezembro, após mais de três anos de portas fechadas ...


Direito de ir e vir: prefeitura de Jaru constrói ponte e tira moradores do isolamento depois de 30 anos
Com recursos próprios, a prefeitura de Jaru está construindo uma ponte sobre o rio Mororó, na rua Américo Vespúcio, no Jardim Novo Estado...


Entidades de Ji-Paraná recebem recursos do fundo da criança
A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA),.....


PF apreende em RO materiais arqueológicos que eram vendidos na Internet
As peças são protegidas pela União em virtude do seu valor histórico...

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News