Rondônia, - 21:47

 

Você está no caderno - Rondônia
CALENDÁRIO FLORESTAL
Começa neste sábado período de restrições à extração de madeira em Rondônia
A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam) abrirá neste sábado (1) o Calendário Florestal de Rondônia de 2017. A portaria que rege o calendário é a mesma desde setembro de 2015, que estabelece o período de restrição das atividades de extração, retirada e transporte de madeira até 31 de dezembro.
Publicado Sexta-Feira, 31 de Março de 2017, às 16:09 | Fonte Secom - Governo de RO 0

 
 

Restrição de transporte de madeira vale até final de dezembro

 

A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam) abrirá neste sábado (1) o Calendário Florestal de Rondônia de 2017. A portaria que rege o calendário é a mesma desde setembro de 2015, que estabelece o período de restrição das atividades de extração, retirada e transporte de madeira até 31 de dezembro. O texto da portaria não se aplica à exploração de florestas plantadas.

 

O Código Florestal Brasileiro induz que os estados têm a opção de em determinado período do ano restringir a exploração e o transporte da madeira, e isso acontece para não prejudicar os acessos, as estradas vicinais e as rodovias estaduais e federais. Neste período do ano, os índices pluviométricos se elevam e a restrição da extração visa evitar riscos e diminuir o impacto ambiental causado às florestas.

 

“As datas foram discutidas e analisadas junto ao setor produtivo rondoniense, em especial a Federação das Indústrias de Rondônia (Fiero), visando evitar esses impactos no ato da extração. Desde 2015, essa portaria vem sendo respeitada”, disse Huerick Charles, titular da Coordenadoria de Desenvolvimento Florestal e Faunístico (Codef) da Sedam.

 

Há casos em que mesmo no período restrito, algumas empresas conseguem fazer o transporte da matéria-prima. De acordo com o artigo 1, parágrafo 4º da portaria, para que aconteça a liberação desse transporte, o requerente tem até o dia 15 de novembro de cada ano para solicitar a homologação de pátio junto à secretaria. Caso a vistoria constate que aquela atividade não irá afetar as estradas, o pedido é homologado.

 

Huerick explicou, ainda, que as análises referentes aos projetos de Plano de Manejo Florestal Sustentável (PMFS) não sofrem período de pausa e todo o procedimento de vistoria e análise processual pode ser protocolado em qualquer época do ano.

 

 

Fonte

Texto: Ananda Carvalho

Fotos: Daiane Mendonça

Secom - Governo de Rondônia

 







Veja também em Rondônia


Recorde: Centro dos Idosos de Vilhena fez mais de 25 mil atendimentos em 2019 com ações inovadoras
Entidade faz balanço das realizações dos últimos 12 meses e garante que 2020 será melhor ainda ...


Maior licitação da história de Vilhena
Seis empresas participaram da habilitação, primeira fase do processo, que tem previsão de início de obras em abril ...


Parceria entre prefeitura e câmara de vereadores de Jaru gera resultados
O trabalho realizado em conjunto entre a prefeitura e a câmara de vereadores de Jaru, tem garantido importantes obras e serviços em......


Prefeitura, Caixa e construtora realizam atendimentos no residencial Maria Moura
A Semas atua no serviço técnico social que apoia a convivência saudável entre os moradores ...

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News