Rondônia, - 15:54
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - Porto Velho - Prefeitura Notícias
Mercado do pescado: acesso a crédito do Banco
Permissionários terão acesso a crédito do Banco do Povo
Linhas de financiamento foram apresentadas aos comerciantes do Mercado do Pescado
Publicado Sexta-Feira, 31 de Março de 2017, às 15:08 | Fonte da Redação 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=325404&codDep=69" data-text="Permissionários terão acesso a crédito do Banco do Povo

  
 
 

Uma equipe do Banco do Povo esteve nesta sexta-feira (31) no Mercado do Pescado para fazer a apresentação das linhas de créditos disponibilizados pela instituição para financiamento de pequenos negócios. A iniciativa partiu da Prefeitura de Porto Velho, dentro do projeto de alavancar a economia local com o fomento e o apoio aos micros e pequenos empreendedores, política adotada pelo prefeito dr Hildon Chaves.
 
No local, o secretário Júlio César Siqueira, da Secretaria Municipal de Indústria, Trabalho e Turismo (Semdestur), acompanhado do coordenador regional do Banco do Povo, Aníbal Martins, reuniram com os permissionários, ocasião em que foi detalhado a eles quais os procedimentos necessários para se obter o financiamento, prazo de pagamento, juros e a documentação necessária para que o empreendedor tenha acesso ao crédito.
 
“A ideia é fazer com que os permissionários do Mercado do Pescado consigam capital de giro para incrementar seus negócios, seja com a aquisição de novos equipamentos seja para a compra de mais produtos para a comercialização. A intenção principal do prefeito com essa proposta, é fazer com que os pequenos negócios da nossa cidade se dinamizem, cresçam, façam gerar a economia local, não apenas com a geração de renda, mas de empregos também”, afirmou o secretário.
 
Para ele, o Banco do Povo, por trabalhar com créditos de forma ágil, simplificada e acessíveis, é o parceiro ideal para que o município, por um lado, possa trabalhar o fortalecimento dos negócios já existentes, e de outro, apoiar na criação de micro e pequenos empreendimentos formais ou informais no combate a exclusão social promovendo a inclusão econômica desses empreendedores.
 
Aníbal Martins explicou que o Banco do Povo trabalha com microcrédito, modalidade de financiamento voltada aos micro e pequenos empreendimentos. E por causa de sua metodologia, o Banco do Povo tem uma grande capacidade de alcance às populações menos assistidas, através do sistema financeiro tradicional, mas com a oferta de juros bem abaixo do disponibilizado pelo mercado.
 
“Esse microcrédito se caracteriza como uma modalidade de crédito produtivo e orientado, estruturado para alcançar um público de empreendedores de pequenos negócios que não têm acesso ao mercado convencional de crédito. Muito dos nossos clientes utilizam os recursos do Banco do Povo como capital de giro. Eles emprestam uma certa quantia, quitam o débito e ficam acessando novos créditos toda vez que houver necessidade”, explicou.
 
Mario Lúcio, que há um ano trabalha no Mercado do Pescado, se mostrou interessado em obter financiamento para incrementar seu negócio. “Pretendo emprestar dez mil reais para comprar mais pescado. Essa é a oportunidade que eu estava esperando. Vou me cadastrar para ver se consigo o empréstimo”, vislumbrou.
 
Raimundo Souza, que está no local há quase uma década, elogiou o prefeito dr Hildon Chaves pela iniciativa de levar o Banco do Povo até ele. “Sem dúvida, essa foi uma ótima ideia e esse empréstimo vai nos ajudar muito. Trabalhamos com dificuldade e um auxílio desses é tudo que precisamos. Finalmente vou poder comprar mais peixe para vender”, disse.
 

Texto e fotos: Comdecom 





Notícia visualizada Contador de visitasvezes




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em Porto Velho - Prefeitura Notícias


Semed trabalha dados de avaliação para melhora índices
Meta da prefeitura é chegar a 2020 com nota 6 de desempenho no Ideb...


Prefeitura quer cessão do Complexo Madeira Mamoré por cinquenta anos
Audiência de conciliação definiu parte das atribuições para revitalização...


Semusb elimina “lixeira viciada” no Mercado do Cai N'água
Clientela voltou a frequentar o lugar em poucos dias...


Agência de Desenvolvimento articula agilização de licenciamento ambiental
O prazo de licenciamento ambiental pode ser reduzido de 45 para até cinco dias...

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE

Parceiros :::