Rondônia, - 21:24

 

Você está no caderno - Tecnologia e Vida Digital
Tecnologia
Facebook poderá dar duas timelines diferentes aos usuários
Publicado Quinta-Feira, 30 de Março de 2017, às 11:19 | Fonte Olhar Digital 0

 
 

 

(Foto: Reprodução)

 

 

O Facebook mal implementou a sua mais recente cópia do Snapchat e já está estudando outra mudança. Desta vez, trata-se de uma espécie de "timeline alternativa", que os usuários poderiam acessar clicando em um ícone de foguete que fica na parte superior (no Android) ou inferior (no iOS) do aplicativo.

 

A novidade foi percebida por alguns usuários do Twitter, que tiveram reações mistas ao novo ícone. A maioria deles parece ter ficado confusa com o botão novo. Algumas das mensagens publicadas na rede social sobre essa mudança podem ser vistas abaixo:

 

 

 

 

Descobertas

 

Como o TechCrunch ressalta, o novo botão funciona como uma espécie de abra "Descubra" do Facebook. Ao clicar nela, o usuário é levado para uma timeline alternativa que inclui posts de pessoas das quais ele não é amigo e de páginas que ele não segue. O intuito dessa mudança é facilitar que os usuários da rede social descubram posts, vídeos e imagens de seu interesse por lá.

 

Por enquanto, apenas alguns usuários têm recebido essa novidade - todos eles falantes de inglês, o que sugere que ela esteja sendo testada primeiro no hemisfério norte. O curioso, porém, é que ela está aparecendo também para usuários que não são do grupo de testes beta do aplicativo. Isso sugere que pode tratar-se de uma mudança que o Facebook pretende trazer para todos os seus usuários no futuro.

 

Faria sentido: afinal, o Facebook tem atualmente apenas uma timeline, que é criada pelo algoritmo da rede social para cada usuário com base em uma série de fatores. Embora a empresa não divulgue quais são esses fatores, alguns dos mais óbvios são as curtidas, os comentários e o tempo que o usuário dedica a cada post que ele vê.

 

Tentativas

 

Em uma declaração enviada ao TechCrunch, o Facebook confirmou a novidade: "Estamos testando uma timeline complementar de artigos, vídeos e fotos populares customizados para cada pessoa com base em conteúdo que tem a ver com seus interesses. Ouvimos de nossos usuários que eles querem uma maneira mais fácil de explorar novo conteúdo com o qual ainda não se conectaram", disse.

 

Não é a primeira vez que a rede social dá um passo nesse sentido: em 2014, ela lançou o aplicativo Rooms, que servia para ajudar usuários a encontrar grupos para discutir assuntos de seu interesse. No entanto, o app foi desativado quando o Facebook fechou a divisão experimental da Creative Labs.

 







Veja também em Tecnologia e Vida Digital


Startup brasileira cria carro que faz 100km com menos de R$ 10
O buggy elétrico ainda não foi lançado, mas promete chegar logo ao mercado, com versões a partir de R$ 119 mil ...


WhatsApp foi o app mais baixado no Brasil e no mundo em 2019
Já no ranking de receitas obtidas em apps pagos, o grupo mostra a força dos aplicativos de entretenimento e dos serviços de relacionamento ...


Usuários de realidade virtual estão sujeitos a dores e lesões musculares
Movimentos comuns no ambiente RV podem facilitar o surgimento de dores e lesões musculares no pescoço e nos ombros dos usuários, mostra estudo americano. Resultado poderá ser considerado no desenvolvimento de novos jogos e programas ...


Chip que simula crescimento do câncer ajuda em pesquisas sobre a doença
O dispositivo, apresentado na revista Biomaterials, é do tamanho de uma moeda, com um furo de 1mm no centro ...

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News