Rondônia, - 15:48
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - POLÍTICA
Política
Acordo da Odebrecht vale para AGU, afirma juiz
Publicado Quinta-Feira, 30 de Março de 2017, às 09:11 | Fonte Revista Exame.com 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=325316&codDep=19" data-text="Acordo da Odebrecht vale para AGU, afirma juiz

  
 
 

 

Sede da Odebrecht em Lima, dia 05/01/2017

Odebrecht: AGU queria manter bloqueio de bens da empresa (Mariana Bazo/Reuters)

 

 

São Paulo – A disputa entre as diversas instituições em torno dos acordos de leniência que estão sendo fechado pelas empresas como o Ministério Público Federal (MPF) já chegou à Justiça.

 

O juiz Friedman Anderson Wendap, da 1.ª Vara Federal em Curitiba, disse em decisão tomada na semana passada a favor da Odebrecht de que a empresa não pode ficar a mercê de um “conflito de atribuições”.

 

“O Estado não pode se fragmentar em múltiplos órgãos, cada qual simbolizando a idiossincrasia de seus agentes públicos”, disse o juiz.

 

“Ao celebrar o acordo de leniência, o Ministério Público Federal age em prol do interesse primário da Administração Pública, que, no caso, pertence à União… Soa, no mínimo, contraditória a insurgência da Advocacia-Geral da União contra o cumprimento do acordo, cujo fim é facilitar o ressarcimento do dano”, argumentou o juiz em decisão que confirma o desbloqueio de R$ 2 bilhões em bens e receita da Odebrecht.

 

A AGU entende que o dinheiro não é suficiente para ressarcir os danos, ao que o juiz rebate dizendo que o acordo fechado com o MPF é de R$ 8 bilhões e que não foram apresentados indícios de que a empresa não irá cumprir o acordo.

 

Além disso, segundo o juiz, a AGU não informou quanto seria o prejuízo estimado.

 

“O Ministério Público da União e a Advocacia-Geral da União são indistinguíveis, são o ente União, e não o pulmão esquerdo e o direito de um organismo”, disse o juiz. A AGU diz estudar recurso da decisão.

 

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

 





Notícia visualizada Contador de visitasvezes




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em POLÍTICA


Câmara começa a decidir se abrirá processo de impeachment de Dilma
...


Marcos Rogério apresenta plano de trabalho no Conselho de Ética
...


Monteiro vê otimismo em votação contra impeachment no PTB
...


Delação premiada de Delcídio do Amaral é homologada pelo Supremo
...

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE

Parceiros :::