Rondônia, - 12:23
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - POLÍTICA
Política
Aécio Neves é campeão de pedidos de investigação na lista de Janot
Publicado Domingo, 19 de Março de 2017, às 09:40 | Fonte Jornal do Brasil 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=324072&codDep=19" data-text="Aécio Neves é campeão de pedidos de investigação na lista de Janot

  
 
 

 

Senador tucano é campeão de pedidos de investigação na lista de Janot entregue ao Supremo

Senador tucano é campeão de pedidos de investigação na lista de Janot entregue ao Supremo

 

 

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) lidera a lista de pedidos de abertura de investigação entregues pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ao Supremo Tribunal Federal (STF). A relação de nomes que são alvo de inquérito com base nas delações de executivos e ex-executivos da Odebrecht foi entregue ao Supremo na semana passada.

 

De acordo com a coluna Expresso, da revista Época, o depoimento de Henrique Valladares, ex-executivo da Odebrecht,  é devastador para o tucano. Valladares revelou que Aécio recebeu propina numa conta secreta em Cingapura em nome de um amigo. O ex-executivo afirma que Aécio tinha esquema com Dimas Toledo, ex-dirigente de Furnas. O pagamento em Cingapura foi vinculado a benefícios obtidos pela empreiteira em Furnas, diretamente a investimentos no Rio Madeira.

 

De acordo com as delações, o senador do PSDB também é acusado de receber propina nas obras da Cidade Administrativa, sede do governo de Minas Gerais. Uma das parcelas da propina foi entregue numa concessionária da capital mineira que pertence a Oswaldo Borges, uma espécie de tesoureiro informal do tucano, segundo a revista. Quem relatou o acerto do pagamento da propina foi Sérgio Neves, ex-executivo da Odebrecht.

 

Na lista dos pedidos de inquérito que Rodrigo Janot enviou ao Supremo na terça-feira (14) há pelo menos cinco ministros do governo de Michel Temer. Há 83 pedidos de abertura de inquérito, a partir dos acordos de colaboração premiada firmados com 77 executivos e ex-executivos das empresas Odebrecht e Braskem. Também foram solicitados 211 declínios de competência para outras instâncias da Justiça, nos casos que envolvem pessoas sem prerrogativa de foro, além de sete arquivamentos e 19 outras providências.

 





Notícia visualizada Contador de visitasvezes




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em POLÍTICA


Pedro Chaves toma posse na vaga deixada por Delcídio do Amaral
...


Empresários criticam aumento de imposto sugerido por Meirelles
...


Dilma dá cargos para tentar evitar afastamento de aliados do governo
...


Governo Dilma tem aprovação de 10% e desaprovação de 69%, diz Ibope
...

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE

Parceiros :::