Rondônia, - 15:15
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - CIÊNCIA E SAÚDE
Projeto FOB em Rondônia
Projeto FOB em Rondônia: aprimorando a graduação e a pós
Magali Caldana é chefe do Depto. de fonoaudiologia e J. Roberto Bastos, prof. Títular de saúde coletiva da FOB-USP Bauru
Publicado Sábado, 18 de Março de 2017, às 13:34 | Fonte da Redação 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=324000&codDep=42" data-text="Projeto FOB em Rondônia: aprimorando a graduação e a pós

  
 
 

“A Extensão Universitária é o processo educativo, cultural e científico que articula o Ensino e a Pesquisa de forma indissociável e viabiliza a relação transformadora entre Universidade e Sociedade. A Extensão é uma via de mão-dupla, com trânsito assegurado à comunidade acadêmica, que encontrará, na sociedade, a oportunidade de elaboração da práxis de um conhecimento acadêmico. No retorno à Universidade, docentes e discentes trarão um aprendizado que, submetido à reflexão teórica, será acrescido àquele conhecimento.
 
Esse fluxo, que estabelece a troca de saberes sistematizados, acadêmico e popular, terá como conseqüências a produção do conhecimento resultante do confronto com a realidade brasileira e regional, a democratização do conhecimento acadêmico e a participação efetiva da comunidade na atuação da Universidade. Além de instrumentalizadora deste processo dialético de teoria/prática, a Extensão é um trabalho interdisciplinar que favorece a visão integrada do social.”
 
(Plano Nacional de Extensão, 1988)
 
 
 
 
Magali de Lourdes Caldana - Fotos: Cecília Bastos/USP Imagens
Magali de Lourdes Caldana – Fotos: Cecília Bastos/USP Imagens
 
José Roberto de Magalhães Bastos - Fotos: Cecília Bastos/USP Imagens
José Roberto de Magalhães Bastos – Fotos: Cecília Bastos/USP Imagens
 
O diretor e o corpo docente da Faculdade de Odontologia de Bauru, unidade da Universidade de São Paulo (USP), em consonância com a Política Nacional de Educação (PNE 2001-2010) e com as Diretrizes Curriculares Nacionais para a formação de profissionais na área da saúde (Brasil, 2001), idealizaram e concretizaram um Projeto de Extensão Universitária cujo enfoque fundamenta-se no exercício de práticas gerenciais e assistenciais participativas, em equipe, dirigidas às necessidades de saúde (epidemiológicas, demográficas, sociais e ecológicas) de uma dada população pertencente a um território delimitado.
A priorização do território deu-se, também, pela presença de um Centro de Pesquisa para doenças tropicais que serviu de apoio inicial ao projeto e propiciou a estruturação das ações em áreas urbanas, rurais e ribeirinhas, duas vezes ao ano. O território selecionado foi um município do interior do Estado de Rondônia. O município foi considerado pelo seu Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), pelas condições de vida e trabalho da população e pelo acesso restrito à saúde bucal e fonoaudiológica.
 
As bases ideológicas e os referenciais adotados na implementação do Projeto “FOB-USP-Rondônia” evidenciaram o conceito de indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão; a Interação Dialógica; a Interdisciplinariedade e interprofissionalidade nas ações; a transformação da Formação teórica e prática do Estudante, com base nos determinantes sociais da saúde; na excelência técnica e na relevância social de sua produção.
 
O objetivo principal do Projeto “FOB-USP em Rondônia” consiste em desenvolver ações de promoção da saúde, prevenção de agravos, diagnóstico e tratamento a população vulnerável socialmente com base no conceito ampliado de saúde e na tríade – ensino, pesquisa e extensão.
 
Alguns dos objetivos específicos:
 
Ampliar o acesso aos serviços de saúde bucal e fonoaudiológica;
Propiciar interação e troca de saberes entre os profissionais de diferentes regiões criando uma rede de colaboração, apoio e conhecimento;
Formar recursos humanos com qualificação técnica, social e humana para a produção de saúde;
Produzir informações e conhecimentos atrelados à realidade social e as necessidades de saúde da população;
Articular com os gestores municipais de saúde e com os serviços de saúde do município ações de promoção e proteção, prevenção de agravos, diagnóstico, tratamento, reabilitação e manutenção da saúde da população.
Assim, no ano de 2002, foram iniciadas as atividades de extensão em Monte Negro-RO. Desde então todo o processo logístico, desde a preparação para a viagem até a realização prática dos atendimentos foram pautados em forte trabalho em equipe e sólida dedicação aos objetivos propostos.
20170317_01_montenegro
 

O município de Monte Negro, no Estado de Rondônia, surgiu como núcleo urbano de apoio rural do Projeto de Assentamento Dirigido Marechal Dutra com o nome de Boa Vista. O projeto de emancipação que tramitava na Assembleia Legislativa do Estado de Rondônia trazia esse nome, fato que impedia a criação do município, isto porque já existia um município, com esse topônimo (nome próprio de lugares). Nas reuniões da Constituinte, em setembro de 1989, o deputado Sivernani Santos foi avisado da impossibilidade de criação de município com o nome de outro já existente. O deputado realizou uma reunião com os moradores do povoado que escolheram o nome de Monte Negro, em homenagem a um acidente geográfico que existe no local. O município com o nome de Monte Negro foi criado pela Lei Nº 378, de 13 de fevereiro de 1992, assinada pelo governador Oswaldo Piana Filho, com área desmembrada do Município de Ariquemes. 








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em CIÊNCIA E SAÚDE


5 maneiras de queimar mais calorias na caminhada
...


5 estratégias para lanchar de forma saudável e não engordar
...


Vitiligo atinge 0,5% da população mundial
...


5 fatos sobre a diabetes gestacional
...

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
728x90 350x90
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE