Rondônia, - 02:26

 

Você está no caderno - Porto Velho
regularização fundiária no campo
Prefeito de Porto Velho defende regularização fundiária no campo
Produtor sem título da terra é como pessoa sem CPF, sem acesso ao crédito para produzir mais
Publicado Terça-Feira, 14 de Março de 2017, às 16:02 | Fonte da Redação 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=323668&codDep=27" data-text="Prefeito de Porto Velho defende regularização fundiária no campo

  
 
 

Durante lançamento do programa Agro Mais, do Governo Federal, na tarde de segunda-feira (13), em Porto Velho, com a presença do ministro da agricultura e abastecimento, Blairo Maggi, o prefeito dr Hildon Chaves defendeu um programa sério de regularização fundiária para fortalecer o agronegócio na capital e em todo estado de Rondônia.
 
 
“O homem do campo sem o título de sua terra eu equiparo a uma pessoa sem CPF. Ele não tem acesso ao mercado de crédito, por isso não consegue investir na sua propriedade e, portanto, não consegue produzir volumes maiores”, disse o prefeito.
 
 
Dr Hildon avalia que esse programa é de muita importância e vai ajudar a fomentar e fortalecer a agricultura no município. “Isso é um indicativo muito forte da relevância que porto velho vem adquirindo ano após ano na agricultura, na pecuária e na produção de peixes, ajudando Rondônia a se consolidar como um grande polo do agronegócio”, comentou. O prefeito acrescentou que Rondônia vem se firmando cada vez mais “como uma grande fronteira agrícola ainda com muito potencial a ser desenvolvido”.
 
 
Blairo Maggi explicou que o Agro Mais é um programa de modernização e desburocratização do agronegócio no País. O objetivo é que em cinco anos o Brasil passe de quase 7% para 10% da produção do mercado global, o que representa R$ 30 bilhões a mais na economia nacional. Para tanto, é necessário atualizar e modernizar a legislação, algumas com 65 e até com 83 anos de existência, o que não representa mais a realidade do agronegócio no País.
 
 
Rondônia é o terceiro estado da Federação a aderir ao programa que foi lançado em agosto do ano passado pelo presidente Michel Temer. Rio Grande do Sul foi o primeiro e sua adesão ocorreu em novembro. São Paulo assinou termo de adesão ao Agro Mais no último dia 20 de fevereiro. Além da modernização e desburocratização, o Governo Federal quer dar mais transparência às ações relacionadas ao agronegócio e trabalhar em parceria com o setor produtivo.
 
 
Com as mudanças implementadas, que também valem para a agricultura familiar, que passa a ter regras mais simples, dr Hildon espera fortalecer ainda mais o agronegócio em Porto Velho e, consequentemente, a economia do município, uma de suas principais bandeiras de campanha.
 
 
 

Texto e fotos Comdecom 







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em Porto Velho


Projeto ''Canta Mercado'' recomeça nesta terça-feira na Capital
Projeto da Prefeitura é organizado pela Fundação Cultural...


Cremero inaugura Centro de Estudos Médicos em Porto Velho
As salas do novo espaço receberam nomes de médicos que fizeram parte da história do Conselho...


Casos de gripe H1N1 foram notificados em Porto Velho, campanha de vacinação prevista para abril
A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), por meio da Divisão de Vigilância Epidemiológica, registrou a circulação do vírus da Síndrome Gripal (SG) e Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) por influenza......


Agentes Penitenciários e socioeducativos suspendem greve em Rondônia
Os servidores do interior do Estado também decidiram pela sugestão do desembargador, suspendendo a greve geral....

 




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News