Rondônia, - 04:37
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - CIÊNCIA E SAÚDE
Ciência e Saúde
Zika elevou em 20 vezes problemas no nascimento, diz estudo
Publicado Sexta-Feira, 3 de Março de 2017, às 11:39 | Fonte Revista Exame.com 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=323000&codDep=42" data-text="Zika elevou em 20 vezes problemas no nascimento, diz estudo

  
 
 

 

Ana Paula Santos segura sua filha Flávia Alessandra que nasceu com microcefalia, em Salvador, dia 27/01/2016

Microcefalia: defeitos congênitos ocorreram em quase 60 a cada 1.000 gestações concluídas com infecções por zika (Christophe Simon / AFP)

 

 

Chicago- As taxas de microcefalia e alguns outros problemas congênitos foram 20 vezes maiores em gestações afetadas pelo zika em comparação com gestações em anos anteriores à chegada do vírus nas Américas, disseram pesquisadores norte-americanos nesta quinta-feira.

 

O aumento enfatiza o risco contínuo de zika durante a gravidez, disseram pesquisadores do Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC, na sigla em inglês).

 

O estudo, publicado em um relatório do CDC, examinou as taxas de problemas de nascimento em Massachusetts, Carolina do Norte e Geórgia em 2012-2013 – antes da chegada do zika nas Américas.

 

Eles acompanharam o número de defeitos congênitos comumente vistos entre bebês afetados pelo zika, incluindo anormalidades cerebrais e pequeno tamanho da cabeça ou microcefalia, defeitos no olho e outros problemas do sistema nervoso central.

 

Durante esses anos, defeitos congênitos nessa lista ocorreram em cerca de 3 a cada 1.000 nascimentos.

 

Eles compararam isso com as taxas publicadas de bebês a partir do registro de zika em 2016 nos EUA e descobriram que as taxas desses mesmos defeitos de nascimento eram 20 vezes maiores, ocorrendo em quase 60 a cada 1.000 gestações concluídas com infecções por zika.

 

O CDC continua a recomendar que as mulheres grávidas evitem viajar para áreas com zika, e as mulheres grávidas que vivem nestas áreas devem tomar medidas para se proteger contra a infecção.

 








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em CIÊNCIA E SAÚDE


Câncer de intestino com metástases. E agora?
...


Toque da pessoa amada ajuda a aliviar a dor física
...


‘Fragmentado’ da vida real: convivendo com várias personalidades
...


Como um marshmallow e o cérebro explicam o endividamento
...

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
350x90
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE