Rondônia, - 01:02
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - CIÊNCIA E SAÚDE
Ciência e Saúde
Por que gostamos tanto de chocolate? A ciência explica
Publicado Quinta-Feira, 2 de Março de 2017, às 10:17 | Fonte Veja.com 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=322849&codDep=42" data-text="Por que gostamos tanto de chocolate? A ciência explica

  
 
 

 

Menina criança comendo barra de chocolate

A proporção de gordura e açúcar presente no chocolate ao leite é semelhante à do leite materno. Logo, o alimento nos remete, inconscientemente à nostalgia dos nossos primeiros anos de vida e essa pode ser a principal explicação para o nosso amor ao doce. (Nastia11/iStock)

 

 

O sucesso do chocolate vai muito além do sabor. Uma série de fatores como a presença de substâncias químicas psicoativas e estimulantes e a textura característica contribuem para sua irresistibilidade. Mas a proporção entre gordura e açúcar, principalmente das versões ao leite, talvez seja a maior responsável pelo nosso amor ao chocolate. 

 

Resgate à infância

 

A versão ao leite do chocolate normalmente tem de 20% a 25% de gordura e  40% a 50% de açúcar. De acordo com informações da BBC Brasil, níveis tão altos dessas substâncias são pouco encontrados na natureza, mas o leite materno é um desses casos raros. Rico em nutrientes essenciais para os primeiros anos de vida, ele é composto por aproximadamente 4% de gorduras e 8% de açúcares.

 

Essa proporção, também observada em biscoitos, sorvetes e outros alimentos deliciosos, pode ser uma das principais explicações para amarmos tanto o chocolate: a proporção de gordura e açúcar no alimento nos remete ao primeiro alimento que experimentamos em vida, o leite materno.

 

Origem amarga

 

No entanto, não foi sempre assim. Os Maias e os Astecas criaram uma bebida feita com o grão do cacau, chamada xocolatl, que significa, “água amarga”. Isso porque os grãos de cacau são naturalmente amargos. Com o tempo, foi-se aumentando a quantidade de açúcar e gordura, com o objetivo de torná-la mais saborosa ao nosso paladar. 

 

Textura e substâncias químicas

 

O chocolate é feito a partir da fermentação dos grãos e da polpa do cacau. Após a fermentação, esses elementos são secos e torrados, liberando um conjunto de compostos químicos, que juntos criam o aroma característico que tanto gostamos. Além disso, substâncias químicas psicoativas presentes em sua composição como a anandamida – neurotransmissor que estimula o cérebro assim como a cannabis – , a tiramina e a feniletilamina, – que possuem efeitos semelhantes ao das anfetaminas, os e os estimulantes teobromina e cafeína contribuem para o nosso amor pelo chocolate.

 

Já a textura cremosa ativa em nossas línguas receptores que detectam a mudança de textura e estimulam um sentimento de prazer.

 








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em CIÊNCIA E SAÚDE


Novo exame de sangue é capaz de detectar início de câncer, diz estudo
...


O corante de açaí que pode simplificar as cirurgias oculares
...


20% da população mundial sofre com unhas frágeis; saiba como tratar
...


Use as sobras do churrasco e faça um delicioso Arroz Carreteiro
...

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
350x90
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE