Rondônia, - 00:06

 

Você está no caderno - Notícias da Amazônia
mais de 4 mil caminhoneiros parados na BR-163
Atoleiro na BR-163 Cuiabá-Santarém deixa mais de 4 mil caminhoneiros parados
Caminhões estão há mais de uma semana em congestionamento de 50km. Fortes chuvas deixaram trecho da rodovia intrafegável no sudoeste do Pará.
Publicado Segunda-Feira, 27 de Fevereiro de 2017, às 12:43 | Fonte Do G1 PA 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=322636&codDep=38" data-text="Atoleiro na BR-163 Cuiabá-Santarém deixa mais de 4 mil caminhoneiros parados

  
 
 

Internauta denuncia situação precária da BR-163. (Foto: Claudiane Aguiar da Costa

Mais de 4 mil caminhoneiros estão parados há mais de uma semana na rodovia BR-163, no sudoeste do Pará, e sofrem os prejuízos provocados pela situação. Fortes chuvas resultaram em um grande atoleiro no trecho da rodovia entre os municípios de Trairão e Novo Progresso, que provoca um congestionamento de 50 quilômetros e impede a passagem de veículos no local.
saiba mais
Atoleiro em trecho da rodovia BR-163 provoca 50 km de congestionamento
Chuvas deixam BR-163 intrafegável e comunidades estão isoladas no PA
A situação afeta mais de 4 mil caminhoneiros na rodovia, a maioria transportando soja do Mato Grosso para o porto de Miritituba, em Itaituba, no sudoeste do Pará. Homens do exército e da Polícia Rodoviária Federal passaram a presta apoio a partir deste sábado (25) às ações do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit) na área para liberar a pista.
 
Um plano para enviar mantimentos para os caminheiros foi definido em uma reunião realizada na sexta-feira (24) no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, em Brasília. O envio de mantimentos começa na próxima quarta-feira (1º). Segundo a Defesa Civil do Estado, uma equipe do Corpo de Bombeiros de Itaituba já foi deslocada pra área para ajudar as comunidades e acompanhar a situação.
 
A Prefeitura de Trairão decretou situação de emergência. De acordo com o decreto, o trecho que não é asfaltado da BR-163, a rodovia Cuiabá-Santarém, está intrafegável e deixa pelo menos cinco comunidades sem ter acesso à sede do município, o que já está provocando desabastecimento de alimentação, combustível e água. Alunos estão sem transporte escolar.
 
 

 

Fotos de Murilo Campos / Facebook.

 

A imagem pode conter: carro, céu, montanha, atividades ao ar livre e natureza

 

A imagem pode conter: céu, atividades ao ar livre e natureza

 

A imagem pode conter: atividades ao ar livre e natureza

 

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, atividades ao ar livre e natureza

 

 

 

 

 
 
Tags: Novo Progresso, Trairão 

 







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em Notícias da Amazônia


Leilão da Amazonas Energia deve ser adiado para outubro
O governo deve remarcar o leilão de venda da Eletrobras Distribuição Amazonas (Amazonas Energia), subsidiária da Eletrobras, previsto para ocorrer no dia 26 de setembro....


Crise em Roraima: Índios Yanomami fazem reféns servidores da Saúde, Sesai ainda não se manifestou
Segundo o presidente da Hwenama Associação dos Povos Yanomami de Roraima, Junior Hekurari Yanomami, o grupo exige a saída do coordenador do Distrito Sanitário Especial Indígena Yanomami (DSEI-Y), Rousicler de Jesus Oliveira....


Justiça do Amazonas condena a 151 anos quatro acusados por abuso sexual de meninas indígenas de São Gabriel
Outros cinco réus ainda serão julgados e uma pessoa foi absolvida dos crimes a pedido do Ministério Público...


Funai e GIZ Brasil definem plano operacional para desenvolvimento sustentável na Amazônia
Promover o desenvolvimento sustentável nas terras indígenas brasileiras da Amazônia Legal, prestando contribuição para a proteção das florestas e da biodiversidade nacional. ...

 

ADS NEWS 2

ADS NEWS 3


:: Publicidade :::


 
 
 
 
EMRONDONIA.COM