Rondônia, - 08:06

 

Você está no caderno - Agronegocios / Pecuária
agronegócios
Eldorado treina líderes florestais para mais competitividade no campo
Durante o Treinamento de Requalificação no Sistema de Gestão Turno a Turno (GTT), o grupo de 150 pessoas recebeu orientações sobre a importância de atender a questões que suportem o crescimento orgânico...
Publicado Quarta-Feira, 1 de Fevereiro de 2017, às 19:40 | Fonte Joelito Santos Silva 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=320553&codDep=50" data-text="Eldorado treina líderes florestais para mais competitividade no campo

  
 
 

Mudas: a produção é feita em viveiro, no município de Andradina, de onde saem 35 milhões.

Fabricante de celulose promoveu capacitação em Sistema de Gestão Turno a Turno.
Na busca constante por eficiência em todas as suas atividades, a Eldorado Brasil, acaba de concluir mais uma capacitação de seus líderes florestais de silvicultura e colheita, com o objetivo de melhorar a performance operacional no campo.
Durante o Treinamento de Requalificação no Sistema de Gestão Turno a Turno (GTT), o grupo de 150 pessoas recebeu orientações sobre a importância de atender a questões que suportem o crescimento orgânico e sustentável da companhia, como aumento de produtividade e de competitividade da madeira, cumprimento de metas estabelecidas, otimização de recursos e redução de custos. Ao todo, foram 128 horas de aulas teóricas e práticas.
“Esta requalificação promove nossos líderes para calibrar suas metas e objetivos com foco no aumento da competitividade florestal”, afirma Jozébio Esteves Gomes, especialista de Projetos e Competitividade Florestal, que ministrou o treinamento.
A adoção do modelo de GTT faz parte da estratégia da diretoria Florestal da Eldorado para controlar e avaliar diariamente a performance das operações de campo, com análise de indicadores de desempenho operacionais e financeiros, possibilitando a resolução de divergências. O sistema é adotada em 100% da área, o que inclui viveiro de produção de mudas, silvicultura, colheita e manutenção mecânica.
Recentemente foram implantadas uma série de inovações – como a adoção de smartphones para apontamentos de campo -, e os líderes precisam estar preparados para extrair o máximo das tecnologias, que reduzem mais ainda o tempo de respostas e permitem a celeridade na melhoria da performance operacional. “O treinamento foi importante para a minha carreira profissional. Estou na Eldorado há setes anos, e ações como esta fazem eu me sentir valorizado”, comenta Michael Figueiredo Pereira, líder de uma das unidades de gestão operacional da companhia.
Como a premissa do modelo é a melhoria contínua, já está programado para o próximo ano um encontro para troca de experiências entre líderes das diferentes áreas de resultado da diretoria Florestal.
 
 
Fonte: Ascom
 
 
Leia também:
 
 
 
 
 

 








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em Agronegocios / Pecuária


Banco da Amazônia exclui tarifa para agronegócio
Segundo a CNA, produtor era cobrado indevidamente pela análise de projetos apresentados para financiamento no Fundo Constitucional do Norte...


Estudantes visitam Viveiro Cidadão em Rolim de Moura
Os estudantes participaram de uma visita guiada, onde conheceram as etapas de produção de mudas que são produzidas no viveiro e as sementes de diversas espécies nativas......


Embrapa lança boletim periódico com dados agropecuários de Rondônia
A primeira edição traz informações dos últimos 40 anos de atividades do setor...


Diretoria técnica do Sebrae se reúne com comitê gestor da cafeicultura de Rondônia
O Projeto Cafeicultura de Rondônia oferece e divulga conhecimentos inovadores sobre assuntos pertinentes à atividade....

 

::: Publicidade :::


:: Publicidade :::

 
 
 
 
EMRONDONIA.COM