Rondônia, - 17:15

 

Você está no caderno - Agronegocios / Pecuária
implantação de cadeiras de agroecologia
Governo de Rondônia incentiva implantação de cadeiras de agroecologia e produção orgânica no campus Instituto Federal em Porto Velho
Projetos que integrem ensino, pesquisa e extensão voltados a técnicas de agroecologia e produção orgânica são prioridade nas ações governamentais.
Publicado Terça-Feira, 31 de Janeiro de 2017, às 09:19 | Fonte da Redação 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=320465&codDep=50" data-text="Governo de Rondônia incentiva implantação de cadeiras de agroecologia e produção orgânica no campus Instituto Federal em Porto Velho

  
 
 

Alexsandro Quirino e Marcos Machado estiveram no gabinete da professora Gedeli, coordenadora de formação inicial e continuada do Ifro

Projetos que integrem ensino, pesquisa e extensão voltados a técnicas de agroecologia e produção orgânica são prioridade nas ações governamentais. Na última semana, no Instituto Federal de Rondônia (Ifro), campus Calama, em Porto Velho, por iniciativa do governo de Rondônia houve a primeira reunião para tratar da inclusão das matérias na grade curricular do instituto.
 
Alexsandro Quirino, gerente de agroecologia da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri); e Marcos Machado, responsável pelo acompanhamento da chamada de Ater em Agroecologia da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), estiveram no gabinete da professora Gedeli Ferrazzo, coordenadora de formação inicial e continuada do Ifro, com o objetivo de promover alinhamento sobre o apoio financeiro por meio da chamada MCTIC/Mapa/MEC/Sead – Casa Civil/CNPq nº 21/2016.
 
No caso de Rondônia, os recursos preveem a criação de Núcleo de Estudo em Agroecologia e Produção Orgânica (NEA) e do Centro Vocacional Tecnológico de Agroecologia (CVT).
 
Os recursos são oriundos do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Ministério da Educação (MEC) e Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário da Casa Civil da Presidência da República (Sead) para projetos que integrem ensino, pesquisa e extensão, visando a construção  e socialização do conhecimento e técnicas relacionadas à agroecologia e produção orgânica.
 
O valor global da chamada para todo o Brasil é de R$ 10,7 milhões, e 15% deste valor é destinado à região Norte. “O objetivo  é estimular  as instituições de ensino, aptas para submissão de propostas, porque desta forma aumenta a probabilidade de aprovação de propostas do estado de Rondônia”, afirmou Alexsandro.
 
“O intuito é divulgar a chamada e estabelecer um diálogo  com outras instituições de ensino para que possamos criar os Núcleos e os Centros de Agroecologia e Produção Orgânica para atender uma demanda crescente deste segmento em Rondônia”, explicou Evandro Padovani, titular da Seagri.
 
Fonte
Texto: Marco Aurélio Anconi
Fotos: Alexsandro Quirino

Secom - Governo de Rondônia 








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em Agronegocios / Pecuária


Banco da Amazônia exclui tarifa para agronegócio
Segundo a CNA, produtor era cobrado indevidamente pela análise de projetos apresentados para financiamento no Fundo Constitucional do Norte...


Estudantes visitam Viveiro Cidadão em Rolim de Moura
Os estudantes participaram de uma visita guiada, onde conheceram as etapas de produção de mudas que são produzidas no viveiro e as sementes de diversas espécies nativas......


Embrapa lança boletim periódico com dados agropecuários de Rondônia
A primeira edição traz informações dos últimos 40 anos de atividades do setor...


Diretoria técnica do Sebrae se reúne com comitê gestor da cafeicultura de Rondônia
O Projeto Cafeicultura de Rondônia oferece e divulga conhecimentos inovadores sobre assuntos pertinentes à atividade....

 

::: Publicidade :::


:: Publicidade :::

 
 
 
 
EMRONDONIA.COM