Rondônia, - 00:39
Últimas Política Amazônia Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco

 

Você está no caderno - Notícias da Amazônia
Mostra 'Amazônia Negra'
Mostra 'Amazônia Negra' de Marcela Bonfim na Biblioteca Francisco Meireles
Quilombolas, barbadianos, haitianos e outros afro-descendentes fazem parte da exposição de fotografias.
Publicado Sábado, 17 de Dezembro de 2016, às 11:06 | Fonte da Redação 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=319148&codDep=38" data-text="Mostra 'Amazônia Negra' de Marcela Bonfim na Biblioteca Francisco Meireles
  
 
 

A exposição “(Re)conhecendo a Amazônia Negra”, da fotógrafa Marcela Bonfim, continua sua itinerância em Porto Velho e agora pode ser visitada na Biblioteca Municipal Francisco Meireles, ao lado da prefeitura de Porto Velho, das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira. Impressas diretamente na madeira, as 33 imagens retratam quilombolas da bacia do rio Guaporé -  dos estados de Mato  Grosso e Rondônia; descentes de caribenhos -  chamados barbadianos - que trabalharam na construção da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré e  haitianos que migraram para Rondônia; entre  outros  afro-descendentes do  Estado. A exposição foi instalada por Daniela e Simone Norberto.
 
A mostra de fotografias foi exibida inicialmente em maio deste ano, no Espaço Cultural Cujuba, com apoio do Sesc. Depois foi transferida para a Galeria Palácio, na sede administrativa do governo do Estado, e para o campus da Calama do Instituto Federal de Rondônia (IFRO), onde fez parte da programação do 20 de Novembro, Dia Nacional da Consciência Negra. ]
Centenas de pessoas já viram a mostra. Para a fotógrafa, “a trajetória da exposição pela cidade é muito interessante, porque chama a atenção para a importância do segmento afro-descendente na economia, na cultura e nas manifestações religiosas de Rondônia e, por extensão, da Amazônia. A mostra fotográfica faz parte de um projeto maior, chamado “(Re)conhecendo a Amazônia Negra:  povos, costumes e influências negras na floresta”, que foi criado justamente para tirar o negro da invisibilidade”, afirma Marcela Bonfim.
 
Recentemente, o projeto ganhou destaque em Belém, com uma intervenção da fotógrafa no projeto “Portas Abertas”, da Associação Fotoativa, de Belém do Pará, que é referência para a cultura fotográfica da região amazônica. Em São Paulo, Marcela Bonfim falou sobre o seu trabalho em entrevista ao portal Brasil de Fato (https://www.brasildefato.com.br/2016/10/18/a-amazonia-me-fez-descobrir-a-minha-negritude-afirma-fotografa-marcela-bonfim), replicada no Instituto da Mulher Negra Geledés.
 

Ana Aranda - anaarandarondonia@gmail.com  /  Fotografias – Hely Chatobriand 








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em Notícias da Amazônia


Em reunião com presidente da Funai, MPF/RO tratou de proteção às terras indígenas
Obras de compensação socioambiental e invasões de terras indígenas foram alguns dos pontos discutidos durante reunião realizada hoje em Cacoal...


Aumento do desmatamento em Unidades de Conservação da Amazônia
Estudo do Imazon mostra que entre 2012 e 2015, 237,3 mil hectares foram desmatados dentro de Unidades de Conservação (UCs) da Amazônia, causando grandes danos ambientais. ...


Indústria ilegal de madeira na Amazônia: Profissão Madeireiro
Enquanto trabalhadores arriscam a vida no corte de árvores, grandes marcas brasileiras e internacionais compram madeira......


Para conservação da espécie, botos são monitorados por drones
Atualmente, as espécies estão classificadas como “Dados Insuficientes” pela Unidade Internacional de Conservação da Natureza (IUCN) e aparecem no Livro Vermelho da Fauna Brasileira Ameaçada de Extinção...

 









 
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE