Rondônia, - 02:35

 

Você está no caderno - POLÍTICA
Política
Dilma reúne ministros após pedido de prisão preventiva de Lula
Publicado Sexta-Feira, 11 de Março de 2016, às 10:26 | Fonte Bom dia Brasil 0

 
 

 

 

 

O pedido de prisão preventiva do ex-presidente Lula teve forte repercussão no Congresso. A presidente Dilma fez uma reunião de emergência na noite de quinta-feira (10).

 

Esse foi um complicador a mais nestes dias de turbulência política. Lula já estava atuando como um interlocutor político, com reuniões com parlamentares e ministros, mas aí veio a notícia do pedido de prisão. Já era tarde, quando a presidente Dilma fez uma reunião com principais auxiliares para avaliar a situação.

 

Dilma, que passou parte do dia no Rio de Janeiro, chegou de helicóptero no Palácio da Alvorada e fez reunião de emergência depois de 22h com os ministros da Casa Civil, Jacques Wagner, da secretaria de governo, Ricardo Berzoini, da Advocacia Geral da União, José Eduardo Cardozo, e o assessor especial, Giles Azevedo. Eles discutiram a crise política e o pedido de prisão do ex-presidente Lula, feito pelo Ministério Público.

 

O pedido de prisão do ex-presidente Lula provocou também fortes reações no Congresso. Para o líder do governo na Câmara, deputado José Guimarães, o pedido é uma desonra ao Ministério Público e uma ameaça aos direitos e garantias individuais.

 

O líder do PSDB no Senado, senador Cássio Cunha Lima, disse, em nota, que recebeu com cautela a notícia e que não considera que estejam presentes os fundamentos que autorizam o pedido de prisão preventiva até porque segundo ele, o Ministério Público Federal e a Polícia Federal fizeram buscas e apreensões muito recentemente buscando provas. Disse que vivemos um momento incomum da vida nacional.







Veja também em POLÍTICA


Lava Jato: Meire Poza é pivô de provas ilegais
...


Justiça de SP encaminha denúncia contra Lula para Sérgio Moro julgar
...


Lula toma posse nesta quinta-feira como novo ministro da Casa Civil
...


Dilma não descarta Lula no governo e diz que possibilidade de renúncia é ofensa
...

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News