Rondônia, - 20:54
Últimas Política Amazônia Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco

 

Você está no caderno - Agronegocios / Pecuária
vacinação contra febre aftosa
Quase 100% dos criadores de gado declaram vacinação e contagem do rebanho à Idaron
Antes mesmo de fechar os relatórios do Sis-Idaron, servidores do Departamento Técnico já tinham em mãos a estimativa que mais tarde confirmaria o resultado alcançado pelo Sistema Sis-Idaron
Publicado Terça-Feira, 26 de Maio de 2015, às 11:10 | Fonte Decom 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=295518&codDep=50" data-text="Quase 100% dos criadores de gado declaram vacinação e contagem do rebanho à Idaron
  
 
 

Vacinação do rebanho foi realizada de 15 de abril a 15 de maio em todo o Estado

A Agência de Defesa Agrossilvopastoril de Rondônia (Idaron) contabiliza os últimos dados da 38ª campanha de vacinação contra a febre aftosa, com mais de 99% dos produtores tendo declarado a imunização e contagem do rebanho de zero a 24 meses. Isso significa que quase 89 mil, dos 94 mil produtores de Rondônia, seguiram a orientação da Idaron durante a campanha realizada de 15 de abril a 15 de maio. Dados definitivos serão disponibilizados em junho quando a Idaron concluirá o relatório final.
 
Antes mesmo de fechar os relatórios do Sis-Idaron, servidores do Departamento Técnico já tinham em mãos a estimativa que mais tarde confirmaria o resultado alcançado pelo Sistema Sis-Idaron. O sistema responsável pelos cadastros agropecuários recebe as declarações de vacinação e emite a Guia de Trânsito Animal (GTA).
 
O processamento dos dados começou na noite de sexta-feira passada (22), data limite para que o produtor declarasse a vacinação e contagem de todo o rebanho da propriedade. Após esse prazo, o produtor que for declarar pagará multa, a exceção daqueles que tenham enfrentado eventuais problemas técnicos.
 
O presidente da Idaron, José Alfredo Volpi, enalteceu o empenho de todos os servidores da Agência, que não mediram esforços para atuar contra a febre aftosa, inclusive doando parte do seu tempo para conseguir atingir a meta. Volpi destacou também a ação dos pecuaristas. “Se não pudéssemos contar com os produtores, nosso trabalho não teria êxito. A união de todos os segmentos nos levou a vencer mais esta batalha”, disse, elogiando a atitude de muitos servidores que mesmo em horário fora atendimento ao público viabilizou na sexta-feira a de entrega da declaração de mais de 190 produtores.
 
Ele lembrou, que a penalidade para os produtores que não vacinaram ou deixaram de declarar é necessária em respeito aos quase 90 mil que atenderam ao chamamento da Idaron e cumpriram com sua obrigação.
 
Graças ao Sis-Idaron – um dos sistemas mais completos do Brasil – Rondônia tem o maior banco de dados agropecuários, se comparados a outros Estados. Mas a tecnologia e mão de obra qualificada trabalham juntas e se completam.
 Vacinação do rebanho foi realizada de 15 de abril a 15 de maio em todo o Estado

“Podemos afirmar, hoje, que Rondônia não só está entre os Estados que mais vacinam, como também entre os que melhor vacinam”, observou o veterinário, Fabiano Alexandre, para quem “mais uma vez ficou claro que a iniciativa privada – produtores, revendas e demais segmentos – também cumpriu seu papel com a finalidade de manter Rondônia como área livre de aftosa. 








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em Agronegocios / Pecuária


A ABCT TEM NOVO PRESIDENTE!
...


Rondônia busca apoio da Embrapa para solucionar desafios da piscicultura
“A gente precisa primeiro que eles caracterizem quais demandas necessitam ser atendidos para que possamos inseri-las no planejamento da UD”, ponderou o chefe Geral, que continua: “O grupo apontou questões de sanidade,...


Cafeicultura brasileira bate recorde histórico com produtividade média de 26,33 sacas por hectare em 2016
...


Rondônia mantém liderança da produção de peixe e deve alcançar 250 mil toneladas até 2018
O que de acordo o levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mantém Rondônia desde 2014 na liderança na produção de peixe...

 









 
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE