Rondônia, - 10:44
Últimas Política Amazônia Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco

 

Você está no caderno - Agronegocios / Pecuária
vacinação contra febre aftosa
Quase 100% dos criadores de gado declaram vacinação e contagem do rebanho à Idaron
Antes mesmo de fechar os relatórios do Sis-Idaron, servidores do Departamento Técnico já tinham em mãos a estimativa que mais tarde confirmaria o resultado alcançado pelo Sistema Sis-Idaron
Publicado Terça-Feira, 26 de Maio de 2015, às 11:10 | Fonte Decom 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=295518&codDep=50" data-text="Quase 100% dos criadores de gado declaram vacinação e contagem do rebanho à Idaron
  
 
 

Vacinação do rebanho foi realizada de 15 de abril a 15 de maio em todo o Estado

A Agência de Defesa Agrossilvopastoril de Rondônia (Idaron) contabiliza os últimos dados da 38ª campanha de vacinação contra a febre aftosa, com mais de 99% dos produtores tendo declarado a imunização e contagem do rebanho de zero a 24 meses. Isso significa que quase 89 mil, dos 94 mil produtores de Rondônia, seguiram a orientação da Idaron durante a campanha realizada de 15 de abril a 15 de maio. Dados definitivos serão disponibilizados em junho quando a Idaron concluirá o relatório final.
 
Antes mesmo de fechar os relatórios do Sis-Idaron, servidores do Departamento Técnico já tinham em mãos a estimativa que mais tarde confirmaria o resultado alcançado pelo Sistema Sis-Idaron. O sistema responsável pelos cadastros agropecuários recebe as declarações de vacinação e emite a Guia de Trânsito Animal (GTA).
 
O processamento dos dados começou na noite de sexta-feira passada (22), data limite para que o produtor declarasse a vacinação e contagem de todo o rebanho da propriedade. Após esse prazo, o produtor que for declarar pagará multa, a exceção daqueles que tenham enfrentado eventuais problemas técnicos.
 
O presidente da Idaron, José Alfredo Volpi, enalteceu o empenho de todos os servidores da Agência, que não mediram esforços para atuar contra a febre aftosa, inclusive doando parte do seu tempo para conseguir atingir a meta. Volpi destacou também a ação dos pecuaristas. “Se não pudéssemos contar com os produtores, nosso trabalho não teria êxito. A união de todos os segmentos nos levou a vencer mais esta batalha”, disse, elogiando a atitude de muitos servidores que mesmo em horário fora atendimento ao público viabilizou na sexta-feira a de entrega da declaração de mais de 190 produtores.
 
Ele lembrou, que a penalidade para os produtores que não vacinaram ou deixaram de declarar é necessária em respeito aos quase 90 mil que atenderam ao chamamento da Idaron e cumpriram com sua obrigação.
 
Graças ao Sis-Idaron – um dos sistemas mais completos do Brasil – Rondônia tem o maior banco de dados agropecuários, se comparados a outros Estados. Mas a tecnologia e mão de obra qualificada trabalham juntas e se completam.
 Vacinação do rebanho foi realizada de 15 de abril a 15 de maio em todo o Estado

“Podemos afirmar, hoje, que Rondônia não só está entre os Estados que mais vacinam, como também entre os que melhor vacinam”, observou o veterinário, Fabiano Alexandre, para quem “mais uma vez ficou claro que a iniciativa privada – produtores, revendas e demais segmentos – também cumpriu seu papel com a finalidade de manter Rondônia como área livre de aftosa. 








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em Agronegocios / Pecuária


“DAQUI A ALGUNS ANOS, TODA A AGRICULTURA BRASILEIRA SERÁ DE PRECISÃO”
Leonardo Afonso Angeli Menegatti, diretor da Associação Brasileira de Agricultura de Precisão, fala sobre o futuro da agricultura...


Espigão do Oeste superou expectativa de público esperado para o Seminário Rural
Para o produtor Gilmar Souza, que há cinco anos trocou a cidade pela vida no campo, e começou a trabalhar com o gado leiteiro em busca de aprendizado e informações, ele resolveu participar do seminário rural para melhorar a eficiência....


Agricultores aprovam seminário rural em Vilhena
O seminário começou no feriado do dia 23/11 e contou em seu primeiro dia com palestras importantes como o manejo e recuperação do pasto, sistemas de irrigação e oficinas sobre o cultivo do café. ...


Produção de soja em Rondônia tem expectativa de crescimento maior que a média nacional
Já a produção brasileira deve crescer entre 6,7% e 9%. A soja é o segundo produto mais exportado pelo estado, tendo movimentado US$ 274,9 milhões entre janeiro e outubro deste ano....

 

      





2016 - ARIQUEMES ONLINE - Informação Sem fronteiras

© 2014 - 2017 • Ernesto & Eugenio Comunicação
jornal@emrondonia.com
redacao@ariquemesonline.com.br
(69) 9 9201-1314 (WhatsApp) - 9 9967-8787 (Oi)
Porto Velho - Rondônia - Brasil

Livre a reprodução, transmissão por broadcast, ou redistribuição dos conteúdos. Pede-se a citação do crédito.
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do EMRONDONIA.COM. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.









 
 
 
  EMRONDONIA.COM