Rondônia, - 20:54
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - POLÍTICA
direto de brasília
Câmara revê critério de corte de salário de deputado faltoso
O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, informou nesta segunda-feira (27) que houve um novo cálculo em relação ao corte do salário dos parlamentares que não comparecerem às votações.
Publicado Terça-Feira, 28 de Abril de 2015, às 13:45 | Fonte Agência Câmara 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=294945&codDep=19" data-text="Câmara revê critério de corte de salário de deputado faltoso

  
 
 

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, informou nesta segunda-feira (27) que houve um novo cálculo em relação ao corte do salário dos parlamentares que não comparecerem às votações.
 
Ele explicou que o corte dos salários dos parlamentares estava sendo feito com base na ausência na última votação de cada dia. Houve uma revisão neste critério, que considerou como não faltosos os parlamentares que votaram em qualquer uma das votações do dia.
 
Os que não votaram em nenhuma das votações do dia, continuam sendo considerados faltosos e terão corte no salário. "Ninguém perdoou a falta de ninguém, apenas consolidou. Quem faltou, faltou. Quem não votou em nenhuma, se teve uma e ele não votou, vai continuar perdendo. O que acontece é que teve dia que teve quatro, cinco votações e a gente consolidou pela última e teve gente que votou a primeira e não votou a última, votou a segunda e não votou a última, então nós uniformizamos por uma consolidação nesses dias", explicou Eduardo Cunha.
 
Reportagem - Karla Alessandra

Edição – Regina Céli Assumpção 





Notícia visualizada Contador de visitasvezes




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em POLÍTICA


O País da Corrupção: Governo Temer libera emendas em ''troca'' de favores políticos
...


Após 4 anos, Davos terá presença de um presidente brasileiro
O presidente Michel Temer deve desembarcar no dia 23 de janeiro em Davos para integrar o Fórum Econômico Mundial no dia seguinte. ...


Gleisi confunde homenagem a jogador com apoio a Lula
...


o Brasil não é um País serio: Temer oferece R$ 10 bi em obras em troca de aprovação da reforma
Assessores presidenciais dizem que essa será uma das ''armas'' para pressionar o Congresso na volta do recesso. O dinheiro sairá da própria economia gerada em 2018 com a eventual aprovação das novas regras da Previdência....

 

::: Publicidade :::

a



:: Publicidade :::

 
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE