Rondônia, - 12:03
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - INTERNACIONAL
“pecado gravíssimo”
Papa diz que pagar salários sonegando impostos é um “pecado gravíssimo”
O sumo pontífice falou a empregadores e cobrou que assegurem o direito à previdência e à saúde de seus funcionários
Publicado Sexta-Feira, 20 de Fevereiro de 2015, às 10:15 | Fonte da Redação 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=294168&codDep=24" data-text="Papa diz que pagar salários sonegando impostos é um “pecado gravíssimo”

  
 
 

Papa Francisco sorri durante encontro com devotos na Universidade de Manila, nas Filipinas - 18/01/2015 (Stefano Rellandini /Reuters)

O papa Francisco afirmou nesta sexta-feira que pagar salários sonegando impostos é um “pecado gravíssimo” e que os cristãos que fazem isso e depois dão donativos à Igreja estão apenas usando Deus para fazer injustiças. Francisco convidou empresários e empregadores presentes na missa matutina realizada na capela da Casa de Santa Marta a se perguntarem como é sua relação com seus funcionários.
 
“Não doe para a Igreja para aliviar as injustiças que comete com seus empregados. Este é um pecado gravíssimo. É utilizar Deus para encobrir a injustiça”, afirmou. Durante seu discurso, o sumo pontífice pediu aos fiéis que refletissem no período de Quaresma sobre a relação com seus trabalhadores, se nos pagamentos estão incluídas as “contribuições para sua previdência” e “para assegurar sua saúde”, e definitivamente se são generosos e justos com eles.
 
“Não é um bom cristão aquele que não faz justiça com as pessoas que dependem dele”, declarou o papa. “Não adianta deixar de comer carne nas sextas-feiras, deixar de fazer diversas coisas, e depois fomentar o egoísmo, a exploração do próximo, a ignorância dos pobres”, acrescentou em alusão a esse preceito da Igreja sobre a abstinência.
 
O pontífice também propôs que os fiéis se questionem se ajudam diariamente os mais necessitados como crianças e idosos. Francisco concluiu o sermão pedindo que rezem por aqueles que estão nas prisões para que “o Senhor lhes ajude a mudar a vida”.
 

(Com agências EFE e France-Presse) 





Notícia visualizada Contador de visitasvezes




Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em INTERNACIONAL


3 perguntas para entender a 'guerra fria' entre Irã e Arábia Saudita, que ameaça desestabilizar ainda mais o Oriente Médio
...


Tese de doutorado de Stephen Hawking é publicada na internet
...


Por que mais de 400 multimilionários nos EUA não querem pagar menos impostos
...


China diz que seu comércio com a Coreia do Norte é permitido pela ONU
...

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE

Parceiros :::