Rondônia, - 17:01
 

POLÍTICA

 

ELEIÇÕES

 

ECONOMIA

 

ESPORTES

 

POLÍCIA

 

ÚLTIMAS

 

 

Você está no caderno - Política
prefeito eleito de manaus
Arthur Neto diz que não vai dispensar nenhum dos quase sete mil servidores temporários da prefeitura
Manaus - O prefeito eleito de Manaus, Arthur Neto (PSDB), afirmou que não vai dispensar nenhum dos 6,9 mil servidores temporários da prefeitura. Esses servidores, contratados em Regime de Direito Administrativo (RDAs), ou seja, sem concurso público, são 22% do total de servidores da Prefeitura.
Publicado Domingo, 4 de Novembro de 2012, às 09:48 | Fonte D24AM 0
Enviar notícia via Whatsapp - somente plataformas iOS e Android.
  
  Notícia visualizada 630 vezes
 

 Manaus - O prefeito eleito de Manaus, Arthur Neto (PSDB), afirmou que não vai dispensar nenhum dos 6,9 mil servidores temporários da prefeitura. Esses servidores, contratados em Regime de Direito Administrativo (RDAs), ou seja, sem concurso público, são 22% do total de servidores da Prefeitura. Os dados são do Censo dos Servidores Municipal de 2011, elaborado pela Secretaria Municipal de Administração (Semad).

 
A forma de ingresso no serviço público depende de aprovação em concurso público de provas ou de provas e títulos, conforme prevê o Artigo 37 da Constituição Federal. 
 
Ao justificar a decisão de manter os RDAs, Arthur disse que o mercado de trabalho é cruel com quem tem mais de 40 anos e, por isso, esses funcionários não podem ser dispensados. Ele também garantiu manter os temporários com menos de 40 anos.
 
“Na campanha assumi um compromisso, não por causa dos mais novos, mas por causa dos mais velhos, de mantê-los. Temos um mercado de trabalho que é muito cruel que estigmatiza pessoas a partir de 40 anos, como se fossem imprestáveis, mas elas estão no auge de sua capacidade de criar”, disse. Arthur disse que sua medida vai beneficiar também aos mais jovens porque eles desfrutam da mesma situação jurídica que os mais velhos.
 
O prefeito eleito disse ainda que vai mudar funcionários de função e secretaria para fazer a máquina administrativa funcionar. “Vou ver onde eles (temporários) estão e fazê-los trabalhar. Quem não estiver trabalhando será transferido e vai trabalhar”, disse.
 
A nova administração vai saber quantos e para quais cargos vai realizar concursos públicos somente após a recolocação de todos os temporários. “Vai ser preciso uma análise consequente e responsável. Vamos fazer um projeto de recolocação de pessoal antes de qualquer concurso público. Destacar pessoas para áreas onde não tem ninguém”, explicou.
 
Arthur afirmou que vai saber quais planos de cargos, carreiras e salários (PCCS) pretende criar ou revisar nos próximos quatro anos somente depois de receber os dados da equipe de transição e de fazer uma reforma administrativa.
 
Secretarias
 
Além da recolocação dos temporários, a reforma administrativa de Arthur vai reduzir o número de secretarias. Hoje são 22 secretarias, três autarquias, cinco fundações e dois órgãos de serviços sociais.
 
Arthur não sabe quantas secretarias serão extintas e quais serão incorporadas a outras porque primeiro vai contratar uma empresa para elaborar um projeto de reforma administrativa que será levado à Câmara Municipal de Manaus (CMM). “Será como uma receita de bolo que vamos entregar e eles vão nos devolver o bolo pronto. Minha intenção é fazer a máquina funcionar com fluidez e agilidade. Teremos aquilo que é essencial”, disse.


 
 
Veja também em Política


CPI propõe a criação de plano de combate a homicídios de jovens
A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Câmara dos Deputados que investiga a violência contra jovens negros e pobres apresentou.......


Maioridade penal: menor que cometer crime hediondo agora vai para a cadeia
Sob o comando do presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), em menos de 24 horas a Câmara dos Deputados derrubou a rejeição à redução da maioridade penal e aprovou, em primeiro turno, por 323 a 155 votos...


Mariana Carvalho discute melhorias para o Mercado Municipal de Porto Velho
A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB – RO) se reuniu com permissionários e o administrador do Mercado Municipal de Porto Velho, Carlos Alberto Vieira da Silva....


Plenário da Câmara pode votar nesta terça PEC que reduz maioridade penal
Os líderes partidários se reúnem às 14h30 desta terça para definir as votações da semana...

 
 
 

 




 


ECONOMIA: Cotações em tempo real das principais commodities






 
 
 
 
::: EMRONDONIA.COM ::: ARIQUEMES ONLINE - PORTAL DE NOTÍCIAS DE RONDÔNIA - Jornalismo em tempo real em Rondônia - online desde: 2007