Rondônia, - 06:57
Últimas Política Amazônia Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco

 

Você está no caderno - Geral
Notícias da Justiça e do Direito nos jornais desta quarta-feira
Publicado Segunda-Feira, 30 de Julho de 2012, às 10:17 | Fonte 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=280920&codDep=31" data-text="Notícias da Justiça e do Direito nos jornais desta quarta-feira
  
 
 

Noticiário Jurídico

A Justiça e o Direito nos jornais desta quarta

A 1ª Seção do Superior Tribunal de Justiça definiu que o prazo para o contribuinte pedir a restituição ou compensação de tributos pagos a mais é de cinco anos depois do ajuizamento da ação de repetição do indébito. Com isso, adequou-se a decisão do Supremo, que em agosto do ano passado fixou o novo prazo. Antes, o contribuinte tinha dez anos para reclamar. As informações são do jornal Valor Econômico.


“Gravidade qualificada”
O presidente do Supremo Tribunal Federal e do Conselho Nacional de Justiça, ministro Ayres Britto, considerou as ameaças ao juiz Paulo Augusto Moreira Lima, que julgava a Ação Penal contra Carlinhos Cachoeira, como de “gravidade qualificada”. Depois das ameaças, o juiz deixou o caso e a ação foi trancada. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo. Leia mais aqui na ConJur.


Palavra final
O ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal, defendeu a convocação de procuradores federais para gabinetes de juízes. Segundo informações do Valor Econômico, Fux afirmou que não há problema de haver decisões parciais para a Fazenda Nacional, por exemplo, porque a palavra final é sempre do juiz. “Eu, como ministro, dou o tom”, disse. A contratação de procuradores para gabinetes é alvo de Procedimento de Controle Administrativo no CNJ. Leia mais aqui na ConJur.


Inapto para as funções
A Suprema Corte do Paquistão declarou o primeiro-ministro do país, Yusuf Raza Gilani, inapto para a função por se recusar a cumprir ordens do tribunal. De acordo com a Folha de S. Paulo, é a primeira vez que a Suprema Corte paquistanesa condena um premiê no exercício do cargo.


Especulação imobiliária
O Ministério Público de São Paulo entrou com ação na Justiça pedindo o bloqueio imediato dos bens de Hussain Aref Saab, ex-diretor de órgão da Prefeitura que cuida da aprovação de imóveis, o Aprov. Segundo reportagens da Folha de S. Paulo e de O Estado S. Paulo, enquanto estava na Prefeitura, Aref comprou 116 imóveis num total de R$ 50 milhões, mas sua renda declarada é de R$ 20 mil mensais. Ele nega.


Aloprados denunciados
O Ministério Público Federal em Mato Grosso denunciou nove pessoas envolvidas no caso dos aloprados do PT, em 2006. Segundo informações dos jornais Folha de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e O Globo, os acusados foram flagrados em um hotel com dinheiro supostamente destinado à compra de um dossiê falso contra José Serra, então candidato à Presidência, para ajudar na campanha da reeleição de Luiz Inácio Lula da Silva, então presidente.


Fichas sujas
O Tribunal de Contas da União enviou ao Tribunal Superior Eleitoral uma relação com 6.829 gestores públicos que tiveram suas contas julgadas irregulares pela Justiça Eleitoral nos últimos oito anos. A Folha de S. Paulo informa que, de acordo com o relatório do TCU, os integrantes da lista estão inelegíveis pela Lei da Ficha Limpa.


Vantagens indevidas
O Ministério Público de São Paulo vai abrir inquéritos para investigar cinco shoppings da capital, suspeitos de pagar propina a agentes públicos em troca de vantagens. Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, serão investigados os shoppings Higienópolis, Raposo, West Plaza, Pátio Paulista e Vila Olímpia.

Revista Consultor Jurídico, 20 de junho de 2012








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em Geral


Incra visita área para reassentamento das famílias do PA Joana D?Arc
...


Porto Velho Shopping comemora dois anos neste sábado
...


CLIMA QUENTE: Assessor da Presidência chama dirigente da FIFA de vagabundo
...


No Dia Internacional do Consumidor governo de Rondônia distribui R$ 1 milhão em prêmios
...

 

      





2016 - ARIQUEMES ONLINE - Informação Sem fronteiras

© 2014 - 2017 • Ernesto & Eugenio Comunicação
jornal@emrondonia.com
redacao@ariquemesonline.com.br
(69) 9 9201-1314 (WhatsApp) - 9 9967-8787 (Oi)
Porto Velho - Rondônia - Brasil

Livre a reprodução, transmissão por broadcast, ou redistribuição dos conteúdos. Pede-se a citação do crédito.
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do EMRONDONIA.COM. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.









 
 
 
  EMRONDONIA.COM