Rondônia, - 20:28
Últimas Política Amazônia Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco

 

Você está no caderno - Geral
Reunião do Grupo de Direitos Humanos discute problemas na área da saúde, educação e atendimento ao idoso
Publicado Segunda-Feira, 30 de Julho de 2012, às 14:15 | Fonte 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=275290&codDep=31" data-text="Reunião do Grupo de Direitos Humanos discute problemas na área da saúde, educação e atendimento ao idoso
  
 
 

O Censo Educacional que será realizado pelo Ministério Público de Rondônia, por meio do Centro de Apoio Operacional da Educação (CAOP Educação), no dia 19 de novembro, das 8 às 13 horas, no bairro Areal, foi um dos assuntos discutidos durante a reunião do Grupo Estadual de Promotores e Procuradores de Direitos Humanos (GEDH), realizada em outubro, na sede do MP-RO, em Porto Velho.

A reunião contou com a participação do Procurador-Geral de Justiça, Héverton Alves de Aguiar e do presidente do GEDH, Promotor de Justiça Paulo Fernando Lermen, da Procuradora de Justiça Vera Lúcia Pacheco Ferraz de Arruda e dos Promotores de Justiça Hildon de Lima Chaves, Andréia Teixeira Vicentini Rocha, Leandro da Costa Gandolfo, Alexandre Augusto Corbacho Martins, Alexandre Jésus de Queiroz Santiago e Tânia Garcia Santiago.

A diretora do CAOP-Educação, Procuradora de Justiça Vera Lúcia Pacheco Ferraz de Arruda, explicou que a partir da experiência do MP de Sergipe para combater a evasão escolar, chegou-se à redução da violência na comunidade com a implantação e funcionamento de uma escola no bairro. Em Rondônia, o Censo Educacional vai começar pelo bairro Areal, mas o objetivo é trabalhar em todo o ano de 2012 para que em 2013 se alcance a inclusão de quase 100% das crianças na rede pública de ensino.

 

Ministério Público Acessível

Outro assunto discutido na reunião foi o projeto “Ministério Público Acessível” para garantir a plena acessibilidade às pessoas com deficiência dentro de cada prédio de Promotoria de Justiça da capital e interior do Estado. Foi discutida ainda a segunda meta da Comissão “Idoso com Dignidade” relativa às Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIS), para elaboração de um questionário/ficha de admissão a ser adotado por cada instituição de abrigamento quando do ingresso do idoso. Dentre os problemas apontados estão a falta de documentação de alguns idosos e o recebimento de suas aposentadorias ou benefícios por terceiros, os quais com a aquisição de produtos de primeira necessidade ficam totalmente sem recursos financeiros.

Outro assunto de pauta da reunião foi o trâmite de 400 pedidos de reconhecimento de terras feitos por comunidades quilombolas a fim de legalizar áreas ocupadas em todo o Brasil. Tendo em vista a necessidade de acompanhar todas essas concessões, os Ministérios Públicos Estaduais vão se reunir para debater o trabalho a ser efetuado em encontros regionais, quando o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) irá disponibilizar os dados de cada região. Também estiveram na pauta de reunião do GEDH o trabalho infantil, a violência doméstica e, saúde mental.








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em Geral


Com quase cinco mil americanos mortos e mais de 30 mil feridos, Obama retira tropas do Iraque
...


Juízes eleitorais usam Lei de Acesso para saber quem financia campanhas
...


SENADORA SAI ILESA DE TIROTEIO NA FRONTEIRA DE RONDÔNIA COM MATO GROSSO; NINGUÉM FOI PRESO
...


MPF PEDE PRISÃO DO FILHO DE SARNEY E SILAS RONDEAU
...

 









 
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE