Rondônia, - 16:48
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - Geral
Servidores da extinta Sucam denunciam intoxicação por pesticida
Publicado Segunda-Feira, 30 de Julho de 2012, às 16:02 | Fonte 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=275037&codDep=31" data-text="Servidores da extinta Sucam denunciam intoxicação por pesticida

  
 
 

Servidores da extinta Sucam denunciam intoxicação por pesticida 
[Foto: ]

Trabalhadores da extinta Superintendência de Combate à Malária (Sucam) denunciaram à Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) que muitos deles estão morrendo ou ficando doentes devido à intoxicação causada pelo pesticida DDT, usado durante muitos anos no combate a endemias no país.

Em audiência pública realizada na manhã desta terça-feira (25), representantes de servidores de vários estados relataram casos de câncer, neuropatias e problemas hepáticos causados por anos de trabalho com o DDT e outros produtos tóxicos sem a proteção e treinamento adequados.

Os trabalhadores também reivindicaram a aprovação de dois projetos de lei em tramitação na Câmara dos Deputados: o 4.485/07, que cria uma pensão especial de R$ 2.075 para os servidores; e o 4.873/09, que estabelece indenização aos doentes e às famílias.

- Trabalhamos a vida inteira em condições precárias, até dormindo em cima de sacos de DDT em barcos e em depósitos improvisados. São anos lutando por nosso direitos, sem o devido reconhecimento do Ministério da Saúde. Agora estamos pedindo socorro e recorrendo ao Judiciário - afirmou o presidente da Associação DDT - Luta Pela Vida, Aldo Moura, que fez um relato emocionado, apresentando fotos de colegas com graves problemas de saúde, segundo ele, devido à intoxicação.

Prova científica

O diretor do Departamento Administrativo da Funasa, Marcos Roberto Muffarreg informou que o DDT foi amplamente utilizado no Brasil de 1950 a 1997 e, atualmente, não é mais usado. Segundo ele, a Funasa não vai fugir de suas responsabilidades e está cumprindo todas as determinações judiciais para "corrigir eventuais problemas do passado".

O coordenador-geral do Programa de Controle da Dengue do Ministério da Saúde, Giovanini Evelim Coelho, por sua vez, disse que o Ministério reconhece a importância do trabalho dos agentes, mas providências só podem ser tomadas com base em provas científicas.

- Os trabalhadores estão doentes, mas associação com algum elemento específico exige comprovação técnico-científica. Não é com base apenas em laudos de um ou outro laboratório - afirmou Giovanini, que foi vaiado pelos servidores que lotaram o Plenário da CDH na audiência pública.

Giovanini ainda apresentou um estudo realizado em 2001, por especialistas da Fundação Oswaldo Cruz e de outras instituições, com 119 trabalhadores do Pará, que não conseguiu provar a ligação direta entre a manipulação do DDT e os relatos de doenças apresentados pelos servidores.

- Na ocasião, foi encontrada uma diversidade de problemas, como históricos de malária, uso excessivo de bebida alcoólica e até sífilis - explicou o representante do Executivo.

Comissão

Os senadores Paulo Paim (PT-RS), presidente da CDH, e Sérgio Petecão (PMN-AC), autor do requerimento que deu origem à audiência, manifestaram apoio às reivindicações dos servidores da Sucam.

Diante da necessidade de ações concretas para resolver o impasse, foi formada uma comissão mista com a participação de senadores, deputados, representantes de sindicatos e do Ministério da Saúde.

O grupo já deve se reunir na próxima quinta-feira (27), às 14 horas, para fazer uma análise inicial das propostas dos trabalhadores, que exigem principalmente, indenização, pensão especial e tratamento médico. Paulo Paim e Sérgio Petecão representarão o Senado nesta comissão.

Também participaram da audiência desta terça-feira, deputados federais e os senadores Valdir Raupp (PMDB-RO), Antônio Carlos Valadares (PSB-SE), Eduardo Amorim (PSC-SE) e Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR).

Anderson Vieira / Agência Senado








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em Geral


As duas caras do Itaú
...


Papa pede que Igreja na América Latina lute contra a corrupção
...


PORTO VELHO: Lei Maria da Penha é tema de debate no Congresso de Direito das Famílias
...


TJ-SP condena promotor que chamou juiz de desequilibrado em representação
...

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
350x90
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE