Rondônia, - 06:27

 

Você está no caderno - Geral
Produtores paraguaios criticam invasões de terras de brasileiros
Publicado Segunda-Feira, 30 de Julho de 2012, às 17:22 | Fonte 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=274084&codDep=31" data-text="Produtores paraguaios criticam invasões de terras de brasileiros

  
 
 

A associação de agricultores do país repudiou a invasão por centenas de sem-terra a uma propriedade pertencente a “brasiguaios”

por Agência EFE
Andrés Cristaldo/EFE
Néstor Núñez (dir.) expressou ao vice-presidente do Paraguai, Federico Franco (esq), a insatisfação dos produtores rurais do país com a recente invasão de terras dos colonos brasileiros 

Os produtores agropecuários do Paraguai repudiaram no último sábado (16/7), durante a abertura oficial da principal feira do setor, as recentes invasões de fazendas de colonos brasileiros ocorridas por sem-terra no sudeste do país.

"Reivindicamos que se cumpram a Constituição e as leis e se castigue com o peso da lei os eternos instigadores e invasores da terra", expressou Néstor Núñez, presidente da Associação Rural do Paraguai (ARP).

Núñez se expressou nesses termos durante seu discurso na abertura oficial da 30ª edição da Feira Internacional de Pecuária, Indústria, Agricultura, Comércio e Serviços (Expo 2011), a mais importante do Paraguai.

O ato foi marcado pela ausência do chefe de Estado, Fernando Lugo, que, segundo referentes políticos da oposição não assistiu ao evento para evitar as já frequentes críticas dos produtores e empresários contra sua gestão. O evento contou, no entanto com o vice-presidente do país, Federico Franco.

A ARP repudiou durante o ato o conflito que surgiu após a invasão por centenas de sem-terra em abril deste ano em uma ampla extensão agrícola em Ñacunday, no departamento de Alto Paraná, pertencente a "brasiguaios", como são denominados os colonos brasileiros residentes neste país.

"Mais uma vez, o proprietário é o suspeito e o invasor é o protegido", asseverou Núñez, cujo sindicato, assim como de outros setores da produção, advertiu sobre a suposta vinculação de referentes do governo nessa invasão.

Por sua vez, o vice-presidente do país, que foi convidado por Núñez para expressar algumas palavras, mencionou que sempre destacou "a necessidade do respeito à propriedade privada como uma forma de garantir o investimento nacional e internacional em nosso país".








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em Geral


“A diplomacia sai vencedora”, diz Lula sobre acordo no Irã
...


ARIQUEMES: Evento sobre estratégia para Saúde da Família começa nesta quinta (17)
...


SEPAZ: Primeiro Governador de Rondônia a se preocupar com os drogados e alcoólatras
...


Dia 04 de janeiro não é mais feriado em Rondônia
...

 


ADS NEWS 3




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News