Rondônia, - 09:45
Últimas Política Amazônia Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco

 

Você está no caderno - Geral
EM RONDÔNIA: Justiça mantém diretoria da Fecomércio/RO
Publicado Segunda-Feira, 30 de Julho de 2012, às 16:39 | Fonte ASCOM 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=272988&codDep=31" data-text="EM RONDÔNIA: Justiça mantém diretoria da Fecomércio/RO
  
 
 

EM RONDÔNIA: Justiça mantém diretoria da Fecomércio/RO

 

Raniery: Decisão faz valer eleição que lhe galgou a presidência da entidade por 7x3 votos.

 

A juíza Arlene Regina do Couto Ramos, do TRT, 14ª Região, acatando Ação Cautelar Inominada, com pedido de liminar, inaudita altera parte, neste dia 30 de maio de 2011,reformou a decisão do juiz Edilson Carlos de Souza Cortez, da 5ª Vara do Trabalho e  manteve a diretoria eleita da Federação do Comércio de Bens Serviços e Turismo do Estado de Rondônia- FECOMERCIO que tem como presidente o Empresário Raniery Araújo  Coelho.

 

Com o deferimento da ação cautelar inominada houve, de imediato, o efeito suspensivo da formação de uma junta governativa na entidade, conforme queriam os integrantes da chapa adversária que tinha como candidato a presidência da Fecomércio, o Sr. Enrique Egea Pacheco. Este, por  ser estrangeiro,  não poderia fazer parte da administração da organização sindical,  bem como a anulação do voto do SINGARO, visto que presidido pelo Sr. Mário Gonçalves, ou Mário Português, como é conhecido comercial e socialmente, não ser empresário porque o mesmo retirou-se da empresa que dirigia em 12 de março de 2007, ou seja, na época da eleição não era empresário e por fim o impedimento de participação do Sr. Antônio Ribeiro das Neves que havia sido suspenso de suas atividades sindicais por ter desviado recursos da Contribuição Sindical.

 

Para o presidente  Ranery Coelho, a decisão da magistrada Arlene Ramos faz valer o processo eleitoral realizado dentro do que preceitua o estatuto da Fecomércio  e que lhe deu a eleição por sete votos a três, além de restabelecer a normalidade na entidade visto que todas as decisões tomadas no âmbito eleitoral foram baseadas na Constituição Federal, leis ordinárias e do  próprio Estatuto do Estrangeiro que não permite a participação daqueles que não possuem cidadania brasileira no comando de entidades sindicais, além de outras limitações.








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em Geral


Alencar segue internado em São Paulo
...


Mobilização em defesa do adolescente em Porto velho
...


ALCOOL X DIREÇÃO: Doze foram presos por embriagues durante fiscalização no fim de semana em Porto Velho
...


Pai suspeito de estuprar filha de 12 anos é preso no Maranhão
...

 









 
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE