Rondônia, - 15:22
Últimas Política Amazônia Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco

 

Você está no caderno - Geral
EM RONDÔNIA: BANCO DE SEMENTES NATIVAS DA AMAZÔNIA JÁ POSSUI MAIS DE 150 MATRIZES CADASTRADAS
Publicado Segunda-Feira, 30 de Julho de 2012, às 20:27 | Fonte SOLANO DE S. FERREIRA 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=265820&codDep=31" data-text="EM RONDÔNIA: BANCO DE SEMENTES NATIVAS DA AMAZÔNIA JÁ POSSUI MAIS DE 150 MATRIZES CADASTRADAS
  
 
 

BANCO DE SEMENTES NATIVAS DA AMAZÔNIA JÁ POSSUI MAIS DE 150 MATRIZES CADASTRADAS

A ação é parte de um experimento para a recomposição de áreas degradadas no entorno da Flona do Jamari, em Rondônia

O projeto Semeando Sustentabilidade, realizado pelo Centro de Estudos Rioterra e patrocinado pela Petrobras, através do Programa Petrobras Ambiental, está finalizando o cadastramento de matrizes para formação de um banco de sementes in natura na Floresta Nacional (Flona) do Jamari. A atividade é realizada por biólogos da Rioterra, pesquisadores da Universidade Federal de Rondônia (Unir) com a parceria do Instituto Chico Mendes (ICMBio). Nos primeiros quatro meses de execução do projeto foram marcadas 150 matrizes dentre 30 espécies que estão sendo pesquisadas.

De acordo com a bióloga e pesquisadora Semiriam Amoedo, o projeto Semeando Sustentabilidade possibilita o desenvolvimento de pesquisas fundamentais para a recomposição de ambientes alterados no entorno da Flona. Destacou também, que o banco de sementes in natura será formado a partir da seleção de árvores matrizes, escolhidas por características genéticas e produtiva de sementes.

O projeto também  proporcionou a aquisição de equipamentos para o Laboratório de Fisiologia Vegetal da Unir. Os equipamentos proporcionarão aumento e diversificação das pesquisas. “Esses equipamentos dão condição para produção de pesquisas mais avançadas”, destacou a pesquisadora.

O coordenador geral do projeto, Alexis Bastos, destacou que o banco de sementes já cadastrou e georreferenciou espécies raras, endêmicas e de elevado valor ecológico existentes no interior da Flona do Jamari. As informações georreferenciadas coletadas pelos pesquisadores são envidas e armazenadas no Laboratório de Geoprocessamento da Rioterra, que trabalha na sistematização dos dados, espacialização e representação cartográfica destes. Esses dados, juntamente com protocolos de desenvolvimento dessas sementes e técnicas de germinação servirão para outros estudos e experimentos que venham a ser desenvolvidos na Amazônia.

 








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em Geral


Boi bumbá e quadrilha na festa para Porto Velho
...


ENCONTRO DO PT SERÁ NESTE SÁBADO EM ARIQUEMES
...


CONFÚCIO MOURA: Não serei, se eleito, governador de masmorras da idade média; quero Rondônia um estado que transforma o cidadão, que dá oportunidades
...


FUTEBOL EM RONDÔNIA: Ariquemes não terá Tardelli no jogo contra Rolim de Moura
...

 

      





2016 - ARIQUEMES ONLINE - Informação Sem fronteiras

© 2014 - 2017 • Ernesto & Eugenio Comunicação
jornal@emrondonia.com
redacao@ariquemesonline.com.br
(69) 9 9201-1314 (WhatsApp) - 9 9967-8787 (Oi)
Porto Velho - Rondônia - Brasil

Livre a reprodução, transmissão por broadcast, ou redistribuição dos conteúdos. Pede-se a citação do crédito.
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do EMRONDONIA.COM. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.










 
 
 
  EMRONDONIA.COM