Rondônia, - 14:48
Últimas Política Amazônia Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco

 

Você está no caderno - Geral
Desmatamento na Amazônia é maior em terras da União, constata Sipam
Publicado Segunda-Feira, 30 de Julho de 2012, às 12:22 | Fonte Estado de São Paulo 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=265817&codDep=31" data-text="Desmatamento na Amazônia é maior em terras da União, constata Sipam
  
 
 

Os candidatos a um título de propriedade em terras da União na Amazônia respondem por uma taxa de desmatamento duas vezes superior ao atual limite legal de abate de árvores na região: 40,4%, indica o primeiro monitoramento ambiental do Programa Terra Legal.

Levantamento feito pelo Sipam, o Serviço de Proteção da Amazônia, mostra que as áreas federais sujeitas à regularização já têm uma área desmatada equivalente a quase 60% do tamanho do Estado de São Paulo.

O levantamento indica também que as áreas federais ocupadas irregularmente e alvo do programa respondem por 18% do desmatamento registrado no ano passado. A taxa oficial foi a menor em mais de 20 anos.

"São áreas de ocupação mais antigas e quem obtiver os títulos de terra terá de se adequar à legislação ambiental", avalia o coordenador do programa Terra Legal, Carlos Guedes. As regras do programa preveem até a retomada pela União da terra que registrar desmatamento irregular após a entrega do título.

Balanço. O Sipam está encarregado de monitorar as áreas que vierem a ser regularizadas. A meta do Terra Legal é entregar 50 mil títulos de terras na Amazônia até o final deste ano.

O monitoramento da Gleba Curuá, no Pará, onde foram distribuídos os primeiros 236 títulos a posseiros, mostra que a área regularizada registrou uma taxa de desmatamento 4 vezes menor do que as áreas não regularizadas desde a edição da medida provisória que criou o programa Terra Legal, no início do ano passado.

"Isso mostra que o programa não é responsável pelo aumento do desmatamento, como se dizia", afirma Carlos Guedes, referindo-se a um estudo da ONG Imazon (Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia), que vinculou o desmatamento à expectativa de distribuição de títulos de terras a posseiros.

O Terra Legal prevê o reconhecimento da posse a quem ocupou terras na Amazônia até 1.º de dezembro de 2004. O programa vai recorrer a imagens de satélite e vistorias para comprovar as ocupações.

"Promoção". Posses médias e grandes serão vendidas a preços inferiores aos de mercado. A maior parte dos posseiros terá descontos superiores a 50%. Em alguns casos, os descontos poderão superar 80% .

Conforme mostrou o Estado ontem, a nova tabela de preços do programa prevê casos de pagamento de apenas R$ 2.99 por hectare de terra pública na Amazônia. Até o limite de 1.500 hectares, fica dispensada a licitação. E as posses menores (até 60 ou 100 hectares, dependendo do município) são reconhecidas gratuitamente.








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em Geral


EM RONDÔNIA: MAIS UMA GREVE DA EDUCAÇÃO NO GOVERNO CASSOL
Rondônia: Trabalhadores em educação decidem entrar em greve...


NOTA OFICIAL: Justiça foi feita e Cassol é inocentado no TSE
...


EM RONDÔNIA: Forte chuva rompe BR 425 e Polícia Militar mantém Policiamento no local
...


FUTEBOL EM RONDÔNIA: Escalados árbitros para a rodada deste final de semana
...

 

      





2016 - ARIQUEMES ONLINE - Informação Sem fronteiras

© 2014 - 2017 • Ernesto & Eugenio Comunicação
jornal@emrondonia.com
redacao@ariquemesonline.com.br
(69) 9 9201-1314 (WhatsApp) - 9 9967-8787 (Oi)
Porto Velho - Rondônia - Brasil

Livre a reprodução, transmissão por broadcast, ou redistribuição dos conteúdos. Pede-se a citação do crédito.
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do EMRONDONIA.COM. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.










 
 
 
  EMRONDONIA.COM