Rondônia, - 02:40
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - Geral
EM RONDÔNIA: Governo e Dnit buscam ampliação do Porto hidroviário da Capital
Publicado Segunda-Feira, 30 de Julho de 2012, às 17:39 | Fonte DECOM 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=264797&codDep=31" data-text="EM RONDÔNIA: Governo e Dnit buscam ampliação do Porto hidroviário da Capital

  
 
 

Na tarde desta quarta-feira, o secretário Marco Antônio Petisco, juntamente com o corpo técnico da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Social (Sedes) e o presidente da Sociedade de Portos e Hidrovias, José Marcondes Cerruti, se reuniram com Paulo Roberto Godoy e Wilson Izidoro Cruz, ambos coordenadores de Hidrovias e Portos Interiores do Departamento Nacional de Infra-estrutura e Transporte (Dnit) que vieram de Brasília para discutir o melhoramento operacional e desenvolvimento de termos de referência para a elaboração do projeto de expansão e modernização do Porto Fluvial de Porto Velho. 

No entendimento do Dnit as instalações operacionais do Porto serão ainda mais utilizadas em virtude dos investimentos na construção das hidrelétricas de Jirau e Santo Antônio. Para que o local se aparelhe de forma razoável para atender as futuras demandas por serviços de carga/descarga, há a necessidade de buscar equipamentos operacionais que melhorem o desempenho e a performance na prestação dos serviços portuários. “Entendemos que o Estado de Rondônia irá iniciar um grande processo de crescimento. Para tanto, precisamos preparar o setor de transporte para este novo cenário, utilizando o plano de ação para a expansão e modernização do Porto”, explicou um dos coordenadores. 

De acordo com Marcondes Cerrutti, presidente do Porto, neste momento o Porto opera sem transtornos pelo fato de ainda não ter chegado os equipamentos de grandes portes previstos para o segundo semestre deste ano. “Estamos trabalhando para resolver as pendências estruturais do Porto, e assim, atender qualquer tipo de carga”, frisou Cerrutti.

  

Segundo o secretário Marco Antônio Petisco, a reunião serviu para mostrar as potencialidades do estado; o crescimento econômico; o aumento nas nossas exportações e importações de cargas, atos que justificam a expansão e a modernização do Porto Fluvial da capital. “Queremos viabilizar o mais rápido possível essa estrutura para facilitar os trabalhos que já realizamos no nosso Porto”, declarou o secretário.   

Ao final da reunião, ficou acertado que o Dnit vai remanejar um guindaste do Porto de Estrela no Rio Grande do Sul para auxiliar os trabalhos em Porto Velho, ficando a cargo do Estado de Rondônia apenas o transporte do equipamento.   








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em Geral


As duas caras do Itaú
...


Papa pede que Igreja na América Latina lute contra a corrupção
...


PORTO VELHO: Lei Maria da Penha é tema de debate no Congresso de Direito das Famílias
...


TJ-SP condena promotor que chamou juiz de desequilibrado em representação
...

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
350x90
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE