Rondônia, - 18:46
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco
   

 

Você está no caderno - Geral
Vereadores derrubam veto e beneficiam taxistas da capital de Rondônia
Publicado Segunda-Feira, 30 de Julho de 2012, às 16:00 | Fonte ASCON 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=262491&codDep=31" data-text="Vereadores derrubam veto e beneficiam taxistas da capital de Rondônia

  
 
 

Por unanimidade, a Câmara de Porto Velho derrubou o veto do Executivo Municipal do Projeto de Lei apresentado pelos vereadores Hermínio Coelho (PT), Ramiro Negreiros (PMDB) e Eduardo Rodrigues (PV) que estabelece garantias para os taxistas, permitindo a transferência de permissões de táxi para herdeiros. Os autores do projeto defendem que a “placa” do táxi nada mais é do que a fonte de renda da família e, por isso, deve ser mantida como herança.

A sessão, em que os vereadores derrubaram o veto do Executivo, aconteceu na tarde de terça-feira, com a presença de centenas de taxistas que reforçaram o coro para garantia da Lei. Em meio à euforia, os taxistas também estenderam faixas de repúdio ao Sindicato dos Taxistas (Sintax) pedindo, inclusive, a saída do presidente da entidade, Francisco Ferreira do Santos.

Ao fazer uso da palavra, o vereador Ramiro Negreiro – líder do PMDB na Câmara, destacou a importância de se derrubar o veto do Executivo, pois, tratava-se um projeto que há muito tempo era aguardado pelos taxistas. “Não existe a transferência automática do direito aos seus familiares. Como ficam as viúvas e os filhos dos taxistas? Além de perder o chefe da família, perdem a fonte de renda”, disse vereador lembrando de casos em que o profissional faleceu e a família ficou sem garantia alguma.

O presidente da Câmara, vereador Hermínio Coelho, conclamou o apoio dos demais parlamentares para a derrubada do veto e destacou o compromisso com a classe trabalhadora e, no caso, os taxistas, com quem mantêm constantes contados. “O projeto é uma reivindicação antiga e, por que não dizer justa para os taxistas. Esse modelo é exemplo de outras cidades que os vereadores Hermínio, Ramiro e Eduardo ergueram como bandeira em benefício desses profissionais. Não se pode tirar da família a fonte de rendimentos se ocorrer o óbito do taxista”, desabafa Hermínio.

Da mesma forma pensa o vereador Eduardo Rodrigues (PV). Segundo o parlamentar, o Projeto de Lei é um respeito à categoria dos taxistas que, agora, têm uma garantia de que a família herdará anos e anos de trabalho e dedicação.








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em Geral


As duas caras do Itaú
...


Papa pede que Igreja na América Latina lute contra a corrupção
...


PORTO VELHO: Lei Maria da Penha é tema de debate no Congresso de Direito das Famílias
...


TJ-SP condena promotor que chamou juiz de desequilibrado em representação
...

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
350x90
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE