Rondônia, - 11:34
Últimas Política Amazônia Ciência e Saúde Agronegócios Capital Interior
Tecnologia Religião Artigos Fotojornalismo Nacional Anuncie Fale Conosco

 

Você está no caderno - Geral
Não há previsão para desinterditar Casa de Detenção de Ariquemes

"Não há previsão para que a Casa de Detenção de Ariquemes seja desinterditada". A afirmação é do juiz Arlen José Silva de Souza, titular da 2ª Vara Criminal da Comarca de Ariquemes, que interditou parcialmente a unidade no último dia 16 de março. De acordo com o magistrado, para que o presídio seja liberado, muitas providências devem ser tomadas pelo Poder Executivo. "A unidade encontra-se superlotada e com péssimas condições sanitárias. Existem apenas dois extintores, com cargas vencidas, para atender todas as instalações que, atualmente, possuem 305 presos".

Publicado Segunda-Feira, 30 de Julho de 2012, às 22:07 | Fonte ARIQUEMES ONLINE 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=256088&codDep=31" data-text="Não há previsão para desinterditar Casa de Detenção de Ariquemes
  
 
 

"Não há previsão para que a Casa de Detenção de Ariquemes seja desinterditada". A afirmação é do juiz Arlen José Silva de Souza, titular da 2ª Vara Criminal da Comarca de Ariquemes, que interditou parcialmente a unidade no último dia 16 de março. De acordo com o magistrado, para que o presídio seja liberado, muitas providências devem ser tomadas pelo Poder Executivo. "A unidade encontra-se superlotada e com péssimas condições sanitárias. Existem apenas dois extintores, com cargas vencidas, para atender todas as instalações que, atualmente, possuem 305 presos".

Segundo o juiz, para restabelecer o funcionamento do local, o Poder Executivo deve providenciar a construção de duas celas, além de atender a todas as exigências da Vigilância Sanitária e Corpo de Bombeiros, em especial as seguintes: reforma do telhado, parte elétrica, hidráulica-sanitária, construção da fossa séptica, combate a incêndio e pânico, construção de saídas de emergência.

Desde a interdição, a unidade passou a receber diariamente apenas dois presos. O juiz determinou ainda que detentos por prisão civil, infiel depositário e inadimplentes de pensão alimentícia não sejam levados para a Casa de Detenção e que os presos da Comarca de Buritis (RO), que encontram-se em Ariquemes, sejam levados de volta para Buritis.

Ainda de acordo com o juiz, uma parceria do Conselho da Comunidade de Ariquemes com a Vara de Execuções Penais está possibilitando uma série de benefícios aos presos, entre eles, ações de ressocialização. Na última segunda-feira (23/03) foram inauguradas duas salas, uma de inclusão digital e um mini-auditório. Sete cursos já foram realizados, entre eles, de pedreiro, de pintor, de ceramista e eletricista predial, todos com a parceira do Senai. Agora, com as novas instalações, os apenados terão mais três cursos: inclusão digital, marceneiro e corte e costura industrial. "O Conselho está sempre procurando alternativas para melhorar o sistema penitenciário", concluiu o magistrado.








Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Veja também em Geral


Prefeitura de Porto Velho vai contratar aprovados ainda em fevereiro
...


Em Manaus, som alto gerou 5 mil denúncias nos seis primeiros meses
...


Sindicalistas se articulam na Capital
...


Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 55 milhões
...

 

::: Publicidade :::



:: Publicidade :::

 
728x90 350x90
 
 
  EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE