Compromissos de agenda: Dilma cancela visita a Manaus na última hora
Segundo o governador, inaugurações previstas para segunda-feira ficarão para uma próxima vinda de Dilma à capital amazonense
Publicado Sexta-Feira, 22 de Maio de 2015, às 09:58 | D24AM

 

José Melo falou sobre o cancelamento da visita de Dilma durante encontro com prefeitos, no TCE Foto: Sandro Pereira

José Melo falou sobre o cancelamento da visita de Dilma durante encontro com prefeitos, no TCE Foto: Sandro Pereira

Dilma em Manaus. Foto: Arquivo / Planalto
 
Manaus - O governador José Melo afirmou, na manhã de hoje, que um conflito de agendas motivou o cancelamento da visita da presidente Dilma Rousseff a Manaus, que estava agendada para segunda-feira (25). A vinda da presidente foi cancelada ontem, sem que a Secretaria da Presidência tivesse explicado o motivo.
 
“Quando eu conversei com a assessoria da presidente, ela teria, no mesmo dia que viria a Manaus, uma viagem para o México. Eu acredito que esse foi o real motivo do cancelamento da visita dela”, afirmou o governador, ressaltando que a viagem ao México foi antecipada e, por isso, a vinda a Manaus foi cancelada.
 
José Melo afirmou, ainda, que ontem recebeu uma ligação da presidente Dilma avisando sobre a alteração na agenda. As inaugurações que ela faria em Manaus -  a ampliação do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes e o primeiro trecho-teste da infovia do programa ‘Amazônia Conectada’ - ficarão para uma outra data, com a presença da presidente, disse Melo, durante a primeira reunião do Governo do Estado com prefeitos do interior para discutir melhorias na gestão e gastos públicos, que acontece na sede do Tribunal de Contas do Estado (TCE/AM).