Sobrinho de ex-senadora encontrado morto em fossa pode ter sido vítima de latrocínio
Carlos Dirceu é sobrinho da ex-senadora rondoniense Fátima Cleide (PT).
Publicado Quinta-Feira, 14 de Maio de 2015, às 08:18 | Rondonoticias

 

PORTO VELHO - Uma operação conjunta envolvendo policiais do Exercito Brasileiro e agentes da Delegacia de Crimes Contra a Vida de Porto Velho localizou nesta manhã (13), o cadáver do professor e empresário Carlos Dirceu Lopes da Silva, de 45 anos, que havia desaparecido no dia 29/04.
 
O corpo do homem foi localizado em uma fossa na estrada das Àguas Caiari, na BR 364 sentido Rio Branco – AC,distante cerca de 10 km do perímetro urbano da capital.
 
De acordo com a Polícia,Dirceu havia desaparecido, quando estava indo em sua caminhonete modelo Hylux de cor preta, para um sítio na mesma região onde foi encontrado morto. A polícia e uma equipe de peritos do IML estivaram no local, para retirar o cadáver e fazer exames periciais.
 
Carlos Dirceu é sobrinho da ex-senadora rondoniense Fátima Cleide (PT). 
 
Segundo o delegado Jeremias Mendes, a Delegacia de Homicídios decidiu procurar na mata após um celular do professor ter sido encontrado por um pescador a cerca de dez quilômetros da capital, na estrada sentido Acre.
 

Jeremias informou que ainda é cedo para apontar a causa da morte, mas há indícios de que o cadáver tenha sido queimado antes de ser colocado na cisterna. As autoridades não confirmam, mas professor pode ter sido vítima de latrocínio (roubo seguido de morte). Já há suspeitos do crime, mas a linha de investigação ainda não pode ser divulgada pela polícia.