Suposto esquema de corrupção na Câmara de Cacoal faz presidente ir preso e mais oito
Ação visa desarticular um suposto esquema de corrupção. Ao todo, 27 mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos.
Publicado Sexta-Feira, 8 de Maio de 2015, às 16:03 | G1-RO

 

Operação Detalhe foi iniciada durante a manhã desta sexta (Foto: Magda Oliveira/G1)

A Polícia Civil e o Ministério Público de Rondônia (MP-RO) realizam na manhã desta sexta-feira (8) a Operação Detalhe, em Cacoal (RO), para desarticular um suposto esquema de corrupção no município. Segundo o delegado Arismar Araújo, entre os presos estão o presidente da Câmara de Vereadores, Paty Paulista (PTB), e a chefe de gabinete da prefeitura, Maria Ivani. Ao todo nove pessoas foram presas, dez conduzidos coercitivamente e 27 mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos.
 
De acordo com a Polícia Civil, a Operação Detalhe teve início às 5h da manhã. Mandados também estão sendo cumpridos na câmara e na Prefeitura de Cacoal. Os advogados do vereador e da chefe do gabinete não foram encontrados para falar sobre o assunto.

O delegado informou que a operação tem o nome de Detalhe, pois seria a palavra usado por envolvidos para tratar a população de Cacoal. Informações sobre as investigações do esquema não foram dadas. Uma coletiva deve ser realizada durante a tarde de sexta para explicar o teor das apurações.