LAVA JATO: Raupp é ouvido pela Polícia Federal e Ministério Público
Raupp é um dos 52 políticos investigados na operação Lava Jato, acusado de receber dinheiro desviado da Petrobras. Ele nega as acusações.
Publicado Quarta-Feira, 6 de Maio de 2015, às 20:55 | Estadão Conteúdo

 

Foto: Rede Globo

O senador Valdir Raupp (PMDB-RO)

O senador Valdir Raupp (PMDB-RO)

O vice-presidente nacional do PMDB, senador Valdir Raupp (PMDB-RO), está prestando depoimento na sede da Polícia Federal em Brasília na tarde desta quarta-feira, 6, sobre seu suposto envolvimento com o esquema de corrupção na Petrobras investigado pela Operação Lava Jato. O depoimento é tomado por delegados da PF e por procuradores federais.
 
Na semana passada, a PF e o MP também ouviram o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral, acusado de suposto envolvimento com a Lava Jato no Rio de Janeiro.
 
Raupp é alvo de dois inquéritos. Um deles investiga se houve formação de quadrilha para fraudar a Petrobrás. O outro apura se o senador recebeu dinheiro desviado por empresas com contratos na estatal e lavou os valores.
 
Em acordo de delação premiada, o doleiro Alberto Youssef afirmou que operacionalizou o pagamento de R$ 500 mil para a campanha de Raupp ao Senado de 2010. O valor teria, segundo o doleiro, saído da cota do PP e seria decorrente de sobrepreços em contratos da Petrobrás.
 

Em depoimentos colhidos na Operação Lava Jato, o ex-diretor de Abastecimento da Petrobrás Paulo Roberto Costa disse ter arrecadado R$ 30 milhões para “caixa 2? da campanha de Cabral ao governo do Rio em 2010.