Sobrinho da ex-senadora Fátima Cleide desaparece na fronteira com a Bolívia
O desaparecimento do professor Carlos Dirceu, sobrinho da ex-senadora Fátima Cleide (PT) completa hoje cinco dias. Ele desapareceu na última quarta-feira, 29 de abril quando retornava de um sítio na BR sentido Guajará-Mirim.
Publicado Segunda-Feira, 4 de Maio de 2015, às 19:52 | da Redação

 

O desaparecimento do professor Carlos Dirceu, sobrinho da ex-senadora Fátima Cleide (PT) completa hoje cinco dias. Ele desapareceu na última quarta-feira, 29 de abril quando retornava de um sítio na BR sentido Guajará-Mirim. Ele dirigia uma caminhonete Hilux preta que foi vista na Bolívia, país para onde vão a maioria dos carros roubados no Brasil. Ontem, domingo, foram feitas buscas na região da águas Kaiary com a equipe da COE e Bombeiros. Hoje, segundo informações da família, a Polícia fará novas buscas, mais ampliada agora com a participação da Delegacia de Crimes contra a Vida. Até o presente momento, porém, a Polícia não utilizou o helicóptero adquirido recentemente para este tipo de caso. O Núcleo de Operações Aéreas e do Gerente de Fronteiras ainda não foi acionado. Há uma possibilidade de Carlos Dirceu ainda esteja vivo, amarrado em algum lugar à margem da BR.
 
 

As informações são do MaisRO (www.maisron.com.br).