Instituto de Previdência dos Servidores Públicos de Rondônia faz 31 anos e é exemplo na área previdenciária
Com apenas 31 anos de vida institucional e responsável pela garantia e manutenção da vida de 4.060 mil servidores públicos aposentados e pelo pagamento de 2.502 pensões...
Publicado Quinta-Feira, 30 de Abril de 2015, às 15:18 | Cleuber R Pereira Fotos: Maicon Lemes

 

Sede do Iperon, em Porto Velho

Sede do Iperon, em Porto Velho

Com apenas 31 anos de vida institucional e responsável pela garantia e manutenção da vida de 4.060 mil servidores públicos aposentados e pelo pagamento de 2.502 pensões, o Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Estado de Rondônia (Iperon), hoje é um exemplo de órgão previdenciário que se orgulha de ter saúde financeira e atuarial para assegurar vida longa à gestão e segurança aos seus beneficiários.

De acordo com a presidente do Instituto, a procuradora de estado Maria Rejane Sampaio dos Santos Vieira, tão importante quanto atender bem é garantir que os benefícios não vão cessar. “O servidor precisa ter a tranquilidade e a segurança de que quando se aposentar terá a garantia de sua segurança financeira”, disse.

Ela explicou a importância de criar mecanismo para atrair mais recursos, com a adoção de uma competente política de equilíbrio atuarial, que direcione o emprego legal e de resultado de seus recursos, além de adotar as avaliações competentes e monitoramento do fluxo de investimentos, para que daqui 30 anos o instituto disponha de uma saúde financeira igualmente boa, ou melhor, para garantir os benefícios de seus segurados.

A presidente do Iperon não fez comparações nem citou gestões anteriores do instituto, revelando-se equilibrada e confiante na equipe que tem e na disposição do governador Confúcio Moura de criar atos que dignifiquem a própria administração.

Maria Rejane, presidente do Iperon

Segundo Maria Rejane Vieira, o governo mantém em dia os repasses ao Instituto, com uma política de gestão responsável por um avanço sem similar na história do Iperon, que até novembro de 2014 tinha mais de R$ 1 bilhão aplicado no mercado financeiro, contra os R$ 362 milhões de 2011.

Mas isso não é tudo, segundo explica a presidente Maria Rejane. Para ela, o instituto, hoje, tem uma gestão transparente, que pode ser conferida acessando o portal do Governo do Estado www.rondonia.ro.gov.br, pois a página do Iperon expõe o modelo da gestão no qual o presidente é auxiliado por três conselhos – Administração, Fiscal, Superior – e por um Comitê de Investimentos, preenchidos por autoridades estaduais e por vários servidores públicos.

A presidente do Iperon explica que é desta forma, os atos produzidos não são apenas da Presidência, mas de todo o colegiado. Como se não bastasse, qualquer cidadão hoje pode colaborar com a administração do Iperon, utilizando o canal da Ouvidoria do órgão pelos telefones: 3216-9409 e 3216-9420.

Participantes do Abril Verde, evento promovido pelo Iperon

ABRIL VERDE

Como acontece todos os anos, durante toda esta semana o Iperon está realizando o Abril Verde: Avanços e Perspectivas de Futuro, uma jornada de palestras informativas e orientadoras, dirigida a servidores e gestores de todos os órgãos da administração estadual.

O objetivo desses encontros que que terminam nesta quinta-feira (30) e que estão sendo realizados no auditório do instituto é promover uma interação entre servidores, gestores e representantes de outras instituições, levando-os à uma reflexão sobre o papel do Instituto – já que a todos interessa – e os avanços alcançados, além de compartilhar conhecimento com as unidades setoriais de recursos humanos da Administração direta e indireta, especialmente da área previdenciária.