Favorito nas pesquisas para governo de Rondônia recebe ameaça de morte
O governador de Rondônia, Confúcio Moura (PMDB), recebeu hoje ameaças por telefone não identificado. Segundo fontes, uma voz masculina teria dito a ele que “terminará igual ao outro candidato”
Publicado Quinta-Feira, 23 de Outubro de 2014, às 12:13 | MAISRO

 

APÓS RECEBER AMEAÇAS, CONFÚCIO MOURA REFORÇA SEGURANÇA PESSOAL

 

O governador de Rondônia, Confúcio Moura (PMDB), recebeu hoje ameaças por telefone não identificado. Segundo fontes, uma voz masculina teria dito a ele que “terminará igual ao outro candidato”, em alusão ao senador Olavo Pires, assassinado em 16 de outubro de 1990, quando se preparava para disputar o segundo turno para governador do Estado. Imediatamente Moura solicitou reforço na segurança que conta agora com 15 policiais e dois federais. Devido a ameaça, alguns compromissos marcados para hoje deixaram de ser cumpridos. A agenda foi reduzida e reprogramada. A participação do candidato no debate desta quinta-feira está mantida. Nos últimos dia a campanha tem sido acirrada. Os nervos estão à flor da pele. O bom desempenho e o favoritismo de Confúcio tem causado reação raivosa na candidatura adversária. Mentiras e calúnias são publicadas diariamente em sites e jornais impressos.

 

 

Leia também:

 

 

CASO OLAVO PIRES: Depoimento revelador de um ex-Deputado