ELEIÇÕES EM RONDÔNIA: Cesar Cassol é pré-candidato a prefeito de Rolim de Moura
Publicado Segunda-Feira, 30 de Julho de 2012, às 10:11 | ASSESSORIA

 

O anúncio foi feito na noite da última segunda-feira (30) durante evento organizado pelo Partido Progressista (PP). Diante de uma platéia de 600 pessoas Cesar Cassol,irmão do senador Ivo Cassol, anunciou que pretende ser candidato a prefeito do município de Rolim de Moura pelo PP.

“Demorei a decidir se entraria ou não nesta disputa. Meu desejo era ver outros nomes juntos nesta missão. O que me fez aceitar ser pré-candidato foi o pedido do povo de Rolim de Moura. As pessoas me paravam na rua pedindo para me candidatar. Resolvi atender o clamor popular”, esclareceu o pré-candidato.

O senador Ivo Cassol, presidente regional do PP, presente do encontro revelou que o município de Rolim de Moura está perdendo recursos federais por falta de gestão competente. Que o município deixou de crescer nos últimos anos e que isso não pode mais acontecer. “Precisamos de políticos sérios, focados no crescimento da cidade e não em interesse próprio, como vem acontecendo. Por causa disso quem paga o pato é a população que sofre com a saúde precária, a falta de emprego e renda”, disse o senador.

Durante discurso, a ex-prefeita do município Milene Motta criticou duramente a atual gestão municipal. Declarou que em pouco tempo a arrecadação de Rolim de Moura, que tem cerca de 51 mil habitantes, será menor que a do município de Chupinguaia, com uma população de nove mil pessoas. A ex-prefeita disse ainda que abriu mão da candidatura para apoiar Cesar Cassol por saber de sua qualificação em administração pública.

Cesar Cassol exerceu vários cargos importantes na vida pública em Rondônia. Em 1985 foi chefe de gabinete da Casa Civil no governo Angelo Angelim. 1986 a 1987 foi prefeito nomeado de Santa Luzia do Oeste; 1988 a 1992 prefeito eleito pelo voto popular de Santa Luzia do Oeste; 1994 a 1997 - Deputado estadual; 1998 a 2002 - Deputado estadual (reeleito) e 2003 - Diretor geral do DETRAN.

O evento contou com a presença de outros 13 partidos, como PTN, PTB, PSDC, PPS, PV, PMN, PTC, PRP, PSD entre outros. Lideranças de municípios da zona da mata também prestigiaram o encontro.