INTERNET: Dez municípios de RO terão sistema de banda larga do Governo Federal até 2014
Publicado Segunda-Feira, 30 de Julho de 2012, às 08:47 |

 

INTERNET: Dez municípios de RO terão sistema de banda larga do Governo Federal até 2014

A ideia é chegar a 24 municípios do Pará, 10 em Rondônia, 1 no Acre e mais 1 em Tocantins.

.

 

O Ministério das Comunicações anunciou, nesta quarta-feira (14), o repassar de R$ 62,5 milhões para a Telebras para acelerar os projetos do PNBL na região Norte. O governo federal decidiu antecipar para o próximo ano o início da construção da rede de infraestrutura na Região Norte para o acesso à internet por meio do Programa Nacional de Banda Larga (PNBL).

Com os R$ 62,5 milhões adicionais, a Telebras vai estender a sua rede de backbone para atender a demanda da região Norte, no trecho entre os municípios de Santarém e Jurupari, no Estado do Pará, e entre as capitais Macapá e Manaus, completando o anel norte da Rede Nacional de telecomunicações.

A previsão original do PNBL era construir a infraestrutura na Região Norte a partir de 2014, mas por causa da pressão de parlamentares da região, o governo decidiu antecipar em dois anos as ações na região.

“Enfrentamos protestos e solicitações das bancadas da região e concordamos que deveríamos antecipar para o ano que vem. Achamos que as cobranças eram justar principalmente porque a região de fato está muito desassistida”, explicou o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo.

Para o ano que vem, a previsão é atender a cerca de 2 milhões de domicílios em 51 cidades. Para 2013, a ideia é chegar a 24 municípios do Pará, 10 em Rondônia, 1 no Acre e mais 1 em Tocantins. Já para o ano de 2014, a rede da Telebras deverá atingir outras 69 cidades paraenses, 27 em Rondônia, 5 no Acre, 6 no Amapá, 15 no Amazonas e 5 no Tocantins.

O projeto prevê a construção de 2,8 mil quilômetros de fibras óticas e a construção de 20 pontos de presença, que são os locais que abrigam a infraestrutura e os equipamentos para o funcionamento do PNBL. A Telebras também firmou acordo de cessão de fibras da Eletronorte nas redes de transmissão que já existem e nas que estão em construção.

De acordo com o Ministério das Comunicações, a Telebras vai oferecer o sinal de internet por meio de fibra ótica ou rádio até um ponto central da cidade. A partir daí, o sinal será levado até os usuários pelos provedores de acesso da região.