Em resposta a Confúcio, entidade diz que tem proposta para solucionar caos na saúde
Publicado Segunda-Feira, 30 de Julho de 2012, às 14:38 |

 
Em resposta a Confúcio, entidade diz que tem proposta para solucionar caos na saúde
 
Texto: Lucas Tatuí
 
Um dia após o governador Confúcio Moura lançar um desafio em relação à situação crítica da saúde pública em Rondônia, surge a primeira reação. A diretoria do Sindicato dos Servidores do Poder Executivo do Estado de Rondônia (Sintraer) veio a público nesta sexta-feira (11) dizer que tem proposta para “tirar a saúde pública do caos”.
 
O desafio do governador se deu da seguinte forma: comentando sobre o título de “pior hospital do País” dado ao Hospital e Pronto Socorro Estadual João Paulo II no Programa Bom Dia Brasil (da Rede Globo), Confúcio reconheceu na quinta-feira (10), em seu blog, que o “Pronto Socorro João Paulo II deve ser, realmente, o pior ou dos piores do Brasil”, e, ao final do texto postado, desafiou:
 
“Caso qualquer colega médico, não médico, tenha alguma sugestão inovadora, criativa, mais rápida que possa contribuir efetivamente para que saiamos todos, os rondonienses, deste caos nos serviços de Urgência e Emergência, que tanto nos humilha e envergonha, que se apresente com a sua idéia e iniciativa”. (Confuciomoura.com.br | Tags: João Paulo II | 10 novembro, 2011).
 
O Diretor Administrativo do Sintraer, Paulo Durand (administrador de empresas e representante de Rondônia no Conselho Federal de Administração - CFA) informa que a entidade tem um projeto pronto para apresentar ao governador, que, segundo ele, “consiste numa gestão de saúde pela tecnologia da comunicação e informação”.
 
Para o Diretor Jurídico do Sindicato, Oscar Rodrigues da Rocha (advogado e administrador), a execução do referido projeto representaria uma “revolução” no sistema público de saúde de Rondônia, por propiciar segurança, tecnológico e conforto aos profissionais e usuários. “O objetivo é tornar a administração pública mais inteligente, eficiente, integrada, abrangente, moderna e segura, advindo daí imensos benefícios econômicos e de bem estar”, explica Oscar.
 
A presidenta do Sintraer, Mirtes Feitosa, diz que a diretoria da entidade está à disposição do governador Confúcio Moura para apresentá-lo o projeto detalhadamente. “O governador lançou o desafio dizendo que, quem tiver uma proposta para mudar a situação da saúde que o apresente. Nós temos uma proposta, ou melhor, um projeto concluído. Agora só resta ele nos receber em seu gabinete”, acrescentou Mirtes.
 
EM SÍNTESE, O PROJETO DO SINTRAER TEM COMO PRINCIPAIS OBJETIVOS:
 
- Promover o Bem Estar e Saúde a cada cidadão da comunidade;
- Promoção da Política e Administradores Envolvidos com a Saúde da Comunidade;
- Integração, Unificação e Dinamização de todas as Estruturas Físicas, Serviços e Funções da Assistência à Saúde;
- Integração, Motivação, Qualificação e Potencialização dos esforços e pessoal envolvidos com a Assistência a Saúde;
- Desburocratização, Agilidade e Precisão em toda Função, Evento e Atitude na Assistência a Saúde Pública;
- Integração, Centralização, Padronização, Processamento e Interpretação das Informações em Tempo Real;
- Prevenção, Agilidade e Precisão nas tomadas de decisões, com redução de custos;
- Qualidade de Vida e Amor ao Próximo. (Fonte: Sintraer-2011)