Quatro chapas concorrem à direção do SINJUR
Publicado Segunda-Feira, 30 de Julho de 2012, às 13:49 |

 
A Comissão Eleitoral do SINJUR (entidade sindical que representa os servidores do Poder Judiciário) divulgou na última segunda-feira (31/10) a ata de encerramento de registro de chapas que concorrerão às eleições do sindicato, para o Triênio 2012/2014, conforme o artigo 83 do Estatuto do sindicato.

Quatro chapas foram inscritas - Sinjur Para Todos (Chapa 1), Mudança com Confiança (Chapa 2), Experiência e Renovação (Chapa 3) e Cavaleiros da Esperança (Chapa 4).

A reunião de encerramento de inscrição de chapas da Comissão Eleitoral, a terceira, foi realizada na sala de reuniões do SINJUR à 18H10 do dia 31. Estiveram presentes na reunião os seguintes membros da Comissão Eleitoral: Wberlei de Melo da Silva – presidente; Hélio Gomes de Oliveira – 1º secretário e Tânia Mara Ruiz Gondin – 3ª secretária.

Verificou-se o encerramento do prazo para inscrições das chapas às 18 daquela data, conforme edital 010/2011 (Regulamento das Eleições triênio 2012/2014).

Segundo informou a direção do sindicato, as notificações de todas as chapas para regularização da documentação apresentada foram entregues no dia 28 de outubro (sexta-feira), conforme parágrafo único do artigo 82 do Estatuto do SINJUR.

O prazo para registro chapas teve início em 05 de setembro. “Os filiados interessados em candidatar-se para o pleito tiveram dois meses para apresentar requerimento de registro de chapa,”, explica o presidente do sindicato Israel Borges.

Quanto às eleições, a diretora administrativa da entidade, Jussara Dias Leopoldo Ferreira, diz que a primeira votação será realizada no final de novembro (dia 30), no horário das 08h30 às 17h. “Em Porto Velho, os locais de votação são: Tribunal de Justiça, Fórum Criminal, Fórum Cível, Fórum Juíza Sandra Nascimento, Juizados Especiais, Juizado da Infância e Juventude, Centro de Apoio Logístico, Centro de Treinamento e Anexo Administrativo do TJ. Nas demais Comarcas do Estado, a votação será no átrio dos Fóruns”, explica Jussara.

Caso não seja atingido o quorum de eleitores ou haja empate entre as chapas mais votadas, haverá uma nova votação no dia 12 de dezembro. “Uma terceira eleição pode ocorrer dia 16 de dezembro caso o empate permaneça ou não tenha quorum suficiente para a finalização do pleito. O horário e o local de votação permanecem os mesmos do primeiro pleito”.

Toni Francis