NO APAGAR DAS LUZES, CASSOL QUADRIPLICA GRATIFICAÇÃO PARA ALGUNS SERVIDORES DO DETRAN
Publicado Segunda-Feira, 30 de Julho de 2012, às 12:48 | ROBERTO KUPPÊ

 

NO APAGAR DAS LUZES, CASSOL QUADRIPLICA GRATIFICAÇÃO PARA ALGUNS SERVIDORES DO DETRAN DE RONDÔNIA

Ex-diretor do Detran Joarez Jardim contempla só procuradores

Ex-diretor do Detran Joarez Jardim contempla só procuradores

Em detrimento aos anseios de milhares de servidores do DETRAN, o ex-governador de Rondônia, Ivo Cassol (PP), quadriplicou o adicional de dedicação exclusiva dos procuradores daquele órgão. O aumento para aproximadamente R$ 9 mil foi publicado no Diário Oficial do Estado no dia 1 de abril de 2010, sob a Lei 2275 de 31 de março de 2010. Logo em seguida, Cassol deixaria o governo para se candidatar ao Senado.

A denúncia partiu do servidor público Francisco Souza Sampaio, o popular “Souza do DETRAN” que ficou entristecido com a atitude do ex-mandatário. “E, no mesmo dia, o então diretor geral Joarez Jardim determinou o arquivamento da pauta de reivindicação contida no processo 11891-2008, que instituía a gratificação de trânsito no valor de R$ 400, a substituição das tabelas da Lei 1638, e o realinhamento da gratificação de incentivo laboral que passaria também para R$ 400”, disse Souza do DETRAN. Conforme relatório apresentado pelos técnicos, o DETRAN tinha possibilidade de atender a estas reivindicações. “Mas, sem nenhum respeito e consideração pelos trabalhadores e trabalhadoras do DETRAN, o senhor Joarez Jardim optou pelo arquivamento dos anseios dos servidores daquele órgão”, disse Souza que afirmou não ser contra aumentos, mas que sejam beneficiadas todas as categorias. “A maioria dos servidores do DETRAN, que realmente produz ficou de fora do aumento, demonstrando total falta de compromisso e sensibilidade para com os que trabalham”, finalizou.