Eleições em Rondônia: Comicío da “Aliança” lota Avenida Chianca em Costa Marques
Publicado Segunda-Feira, 30 de Julho de 2012, às 09:40 | ASSESSORIA

 

O primeiro grande comício da coligação “Aliança por Uma Rondônia Melhor para Todos” (PMDB/PDT/PRTB/PCdoB/DEM) nesta quarta-feira, em Costa Marques, demonstrou a força política e o prestígio que o casal Marinha e Valdir Raupp,ambos do PMDB, goza junto à população do Vale do Guaporé. A Avenida Chianca, principal rua da cidade, foi tomada pelos moradores para ouvir as propostas de Marinha, Valdir e Confúcio Moura, candidato ao Governo do Estado pela coligação.

O Senador Valdir Raupp, candidato à reeleição, falou da luta dele e de Marinha na Câmara Federal para concretizar o sonho de todo morador de Costa Marques, que era a pavimentação da BR-429, sonho este que está se tornando realidade.

“Não é fácil, sem cantores famosos, sem shows, juntar uma multidão como essa que está aqui agora. Só podemos atribuir esse carinho à nossa luta junto ao Congresso e à Câmara Federal para trazer melhorias para este canto do Estado, muitas vezes esquecido pelos governantes. É por isso que, além de voto para nós, pedimos votos também para Confúcio Moura, para governar este Estado”, disse Raupp.

“Confesso que quando soube da agenda da coligação de iniciar os nossos comícios por Costa Marques, muita gente me perguntou por que Costa Marques e não Ariquemes, Rolim de Moura, Porto Velho? Perguntei isso ao Senador e ele me respondeu: Nós vamos começar por Costa Marques porque é uma cidade que a gente tem um carinho especial. Agora, vendo essa avenida cheia de gente, é que entendi”, falou Confúcio, lembrando o compromisso de fazer parceria com a administração municipal para preparar a cidade para se tornar um pólo turístico de Rondônia, desde a infraestrutura até a implantação de uma educação diferenciada, voltada ao turismo ecológico. “Vou preparar Costa Marques para receber o mundo inteiro”, finalizou o peemedebista.

Parceiro antigo

Fazia falta um terminal pesqueiro quando a gente começou. Com o terminal a gente pôde ficar mais tempo pescando. Nao tinha como guardar o pescado. O peixe era mais fácil, mas não adiantava pescar porque não tinha onde guardar. A gente pescava uns 4 mil quilos de peixe, se tivesse já o terminal a gente podia pescar 10”, explicou o fundador e ex-presidente da Colônia dos Pescadores Z-4, lindemberg João Duarte, 76 anos de idade, 45 anos de pescador.

Duarte explicou que foi Confúcio Moura, quando Deputado Federal, que “olhou” pelos pescadores de Costa Marques e conseguiu a construção do Terminal Pesqueiro.

“Quando a gente inaugurou o Terminal, apareceu um monte de ‘pai da criança’, mas a gente sabe muito bem que foi que ajudou a gente.Confúcio é um político que cumpre o que promete. Ele veio aqui, conversou com a gente, prometeu o terminal e taí o Terminal até hoje servindo pra gente”, testemunhou o pescador Lindemberg.