Incra assina contratos para 7,5 milhões em estradas para Rondônia
Publicado Segunda-Feira, 30 de Julho de 2012, às 14:33 |

 

O superintendente regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) em Rondônia, Carlino Lima, e representantes das empresas vencedoras das licitações assinaram, nesta quarta-feira (20), os contratos para complementação, abertura ou revitalização de estradas em 2010. Serão 293,7 quilômetros que irão beneficiar 21 assentamentos rurais em 7 municípios de Rondônia. No total, R$ 7.472.040,04 empregados pela autarquia para dar condições de tráfego e viabilizar o escoamento da produção dos agricultores familiares. “São as primeiras obras de 2010, mas outras ainda deverão ser contratadas nesse primeiro semestre”, revelou o superintendente.

Seis empresas que apresentaram as melhores propostas e os menores valores serão responsáveis pelos lotes. Todas deverão seguir as normas do contrato e, para isso, serão fiscalizadas pelo Incra. Os principais trechos serão realizados nos projetos de assentamento (PA) mais recentes e que beneficiaram grande número de famílias, como o PAF Jequitibá e os projetos Flor do Amazonas 1, 2 e 3, em Candeias do Jamari.

 

Início após chuvas

No estado, o longo período chuvoso é um dos principais entraves para a realização de estradas rurais, por isso, o início das obras deverá ser ocorrer somente após as chuvas, provavelmente em abril ou maio. “A chuva é o que mais dificulta o trabalho”, conta José Alves de Andrade, da empresa Andrade Guedes.

Cada obra deve demorar de acordo com a extensão e complexidade de cada trecho, variando de 30 até 150 dias. “Já temos experiência em realizar estradas para o Incra desde 2004, por isso, acredito que será possível cumprir o cronograma”, revelou Homero Cambaia, da Construmax.