Superintendente do SESI/RO recebe representantes da Universidade de Educação Física de Cuba
Publicado Segunda-Feira, 30 de Julho de 2012, às 15:45 | UNICOM FIERO

 

Professores da Universidade de Educação Física apresentaram projeto com o objetivo de agregar valor ao projeto Atleta do Futuro, do SESI Nacional

No início da semana passada uma comitiva formada por doutores e mestres do Curso de Educação Física de Cuba estiveram na sede da Federação das Indústrias do Estado de Rondônia (FIERO) onde foram recebidos pela superintendente do SESI/RO, Soraia Vilela. O motivo da visita foi apresentar um projeto com o objetivo de unir esforços numa parceria com o projeto do SESI – Atleta do Futuro.

De acordo com Soraia o Atleta do Futuro é um projeto muito bem formatado, cujo foco é a inclusão social por meio do esporte. “Os representantes da Universidade cubana apresentaram um projeto com intuito é agregar ainda mais valor ao projeto do Serviço Social da Indústria. Uma maneira de tornar o nosso projeto mais perene e com uma continuidade, pois quando o Atleta do Futuro encerra suas atividades no final de determinado período”.

Soraia explica que o SESI tem interesse na proposta que gerou expectativa para a equipe de Esporte, Cultura e Lazer da entidade. “Estamos avaliando a proposta e teremos uma reunião posterior a esta análise para então fazermos este trabalho em parceria com a Universidade de Cuba”, afirmou.

O diferencial apresentado pelos professores cubanos é o de acrescentar ao Atleta do Futuro o esporte de alto rendimento e o esporte sócio educativo de forma mais sistemática, mais consciente e com maior envolvimento das famílias dos atletas.

O presidente da FIERO, Denis Roberto Baú garantiu que o SESI tem todo interesse nesta parceria. “Cuba é mundialmente conhecida como uma referência no desenvolvimento esportivo. Os idealizadores do projeto apresentado tem experiência comprovada no tema”.

Baú afirmou veementemente que “aguarda a análise mais técnica do projeto para que possamos então validar a parceria de forma mais efetiva para o desenvolvimento da proposta” finalizou.