Associação Comercial defende permanência de secretária no cargo
Publicado Segunda-Feira, 30 de Julho de 2012, às 11:09 | ASSESSORIA

 


O presidente da Associação Comercial de Rondônia (ACR), Vanderlei Oriane, declarou nesta sexta (24), que a instituição é favorável à permanência de Fernanda Moreira no cargo de secretária municipal de trânsito (Semtran). O empresário justificou a posição apontando uma série de ações voltadas para a melhoria do trânsito de Porto Velho. Aberturas de avenidas e criação de binários para evitar estrangulamento foram destacados pelo empresário. 

Oriane conta que a ACR teve todas as solicitações oficiadas à Semtran, atendidas pela equipe de Fernanda. Para ele, o aumento da frota para mais de 100 mil carros circulando pela cidade foi repentino, pegando de surpresa, os órgãos responsáveis pelo bom funcionamento do setor. No entanto, segundo avalia o presidente, a secretária tem atuado de maneira criativa em medidas decisivas para acompanhar o processo evolutivo da capital. 

O presidente da ACR também reconhece que ainda há muito para se fazer pelo setor em Porto Velho, destacando que a Semtran opera com pouco recurso. “A Associação Comercial de Rondônia está sempre de olho no que acontece e temos que reconhecer que muitos secretários vêm realizando razoáveis trabalhos em prol da comunidade”, disse Oriane. 

A mudança do local em que será construída uma ponte obre o Rio Madeira, para ligar o estado ao Amazonas, também é uma importante bandeira defendida por Oriane. O dirigente explica que o atual local escolhido (balsa) prejudicará, ainda mais, os moradores das localidades por onde passam, diariamente, caminhões carregados. 

A ACR não concorda com a passagem de veículos de grande porte pela cidade. O presidente disse que já sugeriu, com auxílio jurídico, a criação de um anel viário para evitar que ciclistas, pedestres e os demais usuários continuem dividindo o trânsito com as carretas. O trecho, segundo Oriane, é um dos mais violentos do país, registrando o maior número de acidentes, conforme dados do Polícia Rodoviária Federal.