TV Câmara exibe na segunda-feira reportagem sobre Bom Futuro e Amorim
Publicado Segunda-Feira, 30 de Julho de 2012, às 15:14 | ASSESSORIA

 

A situação das cerca de cinco mil famílias que vivem a expectativa de regularização em parte da Floresta Nacional (Flona) do Bom Futuro, mediante acordo firmado entre os governos Federal e de Rondônia, é o tema central da reportagem que vai ao ar na segunda-feira (29), no programa Palavra Aberta da TV Câmara, em três edições, às 7h30, 13 horas e 20h45 – horário de Brasília -. A reportagem tem como base uma entrevista com o deputado federal Ernandes Amorim (PTB),
O programa pode ser visto na internet ou via parabólica nos sinais digital ou analógica.
Na entrevista, Amorim aborda como vivem as famílias em parte ocupada da Flona há mais de uma década, de seus projetos para anulação dos decretos que criaram “arbitrariamente” unidades de conservação no Estado, já que não foram seguidos critérios claros e teriam sido “fabricados” em gabinetes do Planalto e de forma unilateral.
O parlamentar também aborda a luta dessas famílias para conseguirem o reconhecimento e regularização da área que detém um plantel de 40 mil cabeças de gado, cinco agrovilas, a maior delas, o distrito de Rio Pardo, com estrutura semelhante de uma cidade, com igrejas, escolas, e comércio; da operação ainda em curso na Flona determinada pelo Ministério do Meio Ambiente para retirar gado e, num segundo momento, todos os moradores da localidade.
“Fizemos um apanhado de toda a situação bem como o acordo firmado entre o Governo Lula e o governador Ivo Cassol, um dos mais importantes para resolução de um problema que se arrasta há anos. Por ele, e de uma só tacada, se possibilita a continuidade das obras da usina de Jirau, antes parada por falta de licenciamento, e das famílias em Bom Futuro. Foi uma boa saída se repassar à União a reserva Rio Vermelho, impactada por Jirau, em troca da regularização das famílias em Bom Futuro. Estamos todos na expectativa, pois ainda precisa da formalização jurídica desse acordo, mas estamos confiantes”, disse o parlamentar.
Ele também abordou, na entrevista, a proposta feita à ministra chefe da Casa Civil, Dilma Rousself, para que o governo envie uma Medida Provisória ao Congresso, contendo o acordo firmado com Rondônia. Desta forma, acredita Amorim, a tramitação e reconhecimento jurídico seriam mais céleres.
Ainda sobre Bom Futuro, o parlamentar lembra ter cobrado essa semana da ministra Dilma Rousself, sua determinação em parar a operação na Flona. A ministra, durante sua estada em Porto Velho, na semana passada, se comprometeu publicamente ao governador Ivo Cassol e Amorim, em remanejar a força-tarefa que atua na área para outras reservas no Estado.